A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/04/2009 17:49

Cido procurou advogado para defendê-lo há mais de um ano

Redação

O advogado José Roberto Rodrigues da Rosa, que assiste José Aparecido Bispo da Silva, o Cido, foi procurado há um ano e meio para atuar na defesa. "Meu cliente é inocente", garante Rosa em relação a Cido, apontado como principal suspeito da morte do enteado Luiz Eduardo Gonçalves, que sumiu dia 22 de dezembro, quando tinha 10 anos.

Segundo o criminalista, desde o dia em que fez o primeiro contato, Cido nega qualquer participação no crime. Diante da negativa do cliente, Rosa mantém a tese de inocência e só irá analisar se entra com pedido de hábeas corpus quando o MPE (Ministério Público Estadual) se pronunciar favorável ou contra a denúncia.

"Tem jogo de interesse", diz o advogado em relação à acusação dos garotos, que apontam Cido como mentor e autor do crime. Conforme o advogado, os três irmãos que estão detidos pelo assassinato, tinham desavença com o ex-padrasto do garoto.

O advogado afirma ter até uma opinião "particular" em relação ao caso: "Para mim essa criança não está morta", completa Rosa.

O criminalista ressalta que irá analisar o inquérito concluído ontem e destaca que tem um álibe para comprovar a inocência do cliente, entretanto, o suposto trunfo é mantido em sigilo.

Cido e outros quatro jovens estão detidos pelo homicídio, três eram adolescentes à época do crime. Holly Lee de Souza, 22 anos, está preso por envolvimento no crime.

Já outros dois irmãos dele, menores de idade, cumprem medida infracional em Uneis (Unidade Educacional de Internação) de Campo Grande. Um garoto de 17 anos também está apreendido pelo assassinato.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions