A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/04/2015 07:54

Cláusula de barreira exclui 2,4 mil da PM e concurso tem 126 remanescentes

Aline dos Santos
Concurso para policial militar foi lançado em 2013 e vale até 2016. (Foto: Marcelo Calazans)Concurso para policial militar foi lançado em 2013 e vale até 2016. (Foto: Marcelo Calazans)

A cláusula de barreira do concurso da PM (Polícia Militar), regulamentado pelo edital 01/2013, veta os 2.400 candidatos que foram aprovados somente na prova teórica.

O grupo, autointitulado remanescente do concurso, busca ser chamado para as outras etapas. Entretanto, de acordo com a SAD (Secretaria Estadual de Administração e Desburocratização), só há 126 candidatos aptos a realizarem o curso de formação de soldados. Do total, 113 foram regularmente aprovados e 13 prosseguiram amparados por decisões judiciais.

Conforme a secretaria, é incorreta a informação de que existem, atualmente, 2.400 candidatos aptos a seguirem no certame. “Esses candidatos lograram aprovação somente na Prova Escrita Objetiva, correspondente à Primeira Fase do Certame, sendo que o seu prosseguimento para as demais fases do certame foi obstado em virtude da cláusula de barreira”, informa documento da SAD.

Prevista no subitem 9.1 do edital, a cláusula de barreira determina que serão convocados para o exame psicotécnico os candidatos aprovados na prova escrita, na proporção de três candidatos por vaga oferecida, obedecendo a ordem de classificação.

“Dessa forma, os candidatos que, a despeito de considerados aprovados na Prova Escrita Objetiva, não se classificaram dentro do quantitativo de 3 candidatos por vaga oferecida no edital de abertura do certame, restaram eliminados do certame”, cita parecer da secretaria. Ainda conforme o governo, o fato de alcançar a nota mínima de corte não caracteriza a aprovação do candidato.

O concurso tem validade até primeiro de julho de 2016 e as vagas que forem criadas só poderão ser preenchidas por habilitados em todas as fases: prova escrita objetiva, exame psicotécnico, exame de saúde, teste de aptidão física e investigação pessoal.

No mês passado, o governo anunciou que vai convocar 122 aprovados no concurso da PM. Caso as convocações incluam os excluídos pela cláusula de barreira, a administração estadual pode ser alvo do MPE (Ministério Público Estadual) por improbidade administrativa.

Aprovados no concurso da PM cobram abertura de 850 vagas
Os remanescentes do concurso da PM (Polícia Militar) querem que o governo abra 850 vagas para que os aprovados na prova teórica passem pelas outras e...
Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...


Passei por essa mesma angústia de convocação também, porém em nosso caso, passamos nas quatro etapas do concurso para aguardarmos a convocação APTOS e amparados realmente na regra do concurso ( Prova objetiva, Psicotécnico, Exame de saúde e o TAF) . Fui ser convocado somente em 2010 pro CFSD. É triste, mas todos sabem que não ser convocado para as demais etapas do concurso da PM por critério de classificação e consequentemente não estar apto em todas as quatro etapas não garante convocação nenhuma infelizmente. Acredito que novos concursos irão surgir em 2016 na PM e desejo sorte pra todos que desejam entrar na Polícia Militar, pois, a missão é árdua porém nobre. Deus abençoe a todos.
 
Renato em 29/04/2015 14:16:12
Será que agora com essa notícia terá novo concurso para soldado pmms. Mas o edital em vários locais deixa bem claro sobre a convocação, não é apenas a cláusula de barrei que impede chamar os remanescentes:
I.DAS VAGAS:
1.2- As vagas que porventura forem criadas ou abertas durante o prazo de validade do pre- sente Concurso poderão ser preenchidas por candidatos habilitados, em todas as fases, obedecida a ordem de classificação final.
XIV. DA CLASSIFICAÇÃO FINAL:
4.2- A convocação dos candidatos para a matrícula no Curso de Formação de Soldados PM/2013 observará, rigorosamente, as vagas estabelecidas neste Edital, por ordem de classificação, sexo e município polo.Fico triste,pois aqueles que estudaram e acertaram entre 45 a 48 deveriam ser chamados, mas fazer o que , estudar para o próximo.
 
JR em 29/04/2015 11:51:25
O problema maior não são clausulas ou todo esse mimimi do governo, mas o cara fez a promessa pessoalmente.
 
PH em 29/04/2015 11:03:27
E parte da barreira que fala é uma meia verdade...discutivel..uma vez que ela fala eliminado nos 3 X 1, mas nao afirma, nao é claro se esta eliminado do concurso de 2013...ou da primeira fase....Na verdade houve uma falha grosseira no Edital...Nas instituição que aplicam provas de concursos publicos...tais., como ESAF..CESPE.UNB. ,FGV.,FCC etc... alem de publicar a lei da barreira...logo em seguida estas instituiçoes de fe publica..publicam tambem que os condidatos estarao eliminados do referido concurso...esta esta instituiçao do ESTADO é muita falha...viram a lambança que esta o concurso da SEFAZ.MS que com certeza sera anulado de fato e de direito,,,pois este concurso é escandaloso...pior do que petrolao...e acredito que o governador nao ira se queimar...O ex governador saiu de finin
 
jose bonifacio de paula serra em 29/04/2015 10:45:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions