A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/07/2016 13:20

Com 9 postos em MS, pesquisa sobre fluxo em rodovias começa amanhã

Aline dos Santos
BR-163 está na lista de rodovias que terá pesquisa. (Foto: Arquivo)BR-163 está na lista de rodovias que terá pesquisa. (Foto: Arquivo)

A primeira etapa da Pesquisa Nacional de Tráfego começa amanhã (dia 2) e tem nove postos em Mato Grosso do Sul. O levantamento será realizado por militares do Exército em parceria com o Dnit ( Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

Os motoristas serão consultados sobre origem e destino das viagens e outros dados que farão parte do Plano Nacional de Contagem de Tráfego. O trabalho nas regiões Sul e Centro-Oeste vai até 8 de julho. O CMO (Comando Militar do Oeste) participa com efetivo de 600 pessoas em Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

No Estado, os postos de controle ficam em Dourados (BR-163), Bandeirantes (BR-060), Nova Alvorada do Sul (BR-267), Paranaíba (BR-158), Guia Lopes da Laguna (BR-060), Miranda (BR-262), Coxim (BR-359), Costa Rica (BR-060) e Campo Grande (BR-163)

Na primeira etapa, a pesquisa acontece em cinco Estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A segunda etapa da pesquisa é prevista para novembro e as duas últimas para 2017.

O diagnóstico de tráfego é para a identificação dos principais corredores de transporte com gargalos logísticos, necessidade de expansão ou adequação de capacidade das rodovias, além de ser ferramenta para as atividades de projeto, construção, manutenção e operação rodoviária.

As contagens vão determinar a quantidade, o sentido e a composição do fluxo de veículos que passam por um ou vários pontos selecionados do sistema viário, numa determinada unidade de tempo. Para coleta dos dados, os militares vão utilizar 700 tablets comprados pelo Dnit.

Raio-x - A pesquisa de origem e destino vai coletar informações sobre classificação do
veículo, tipo de carroceria, ano de fabricação, número de passageiros e tipo de combustível; propriedade, motivo de escolha da rota; dados da viagem; dos motivos da viagem; dados da carga transportada. O condutor também pode sugerir, dentro da rota seguida, os melhores municípios para criação de um local de parada obrigatória de descanso.

O Plano Nacional de Contagem de Tráfego foi retomado em 2014 pelo Dnit. O serviço começou em 1975 e foi interrompido em 2000.

 

Mapa mostra pontos de pesquisa em MT e MS. (Fonte: Dnit)Mapa mostra pontos de pesquisa em MT e MS. (Fonte: Dnit)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions