A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

31/10/2008 08:51

Com ação, MS quer evitar contratar 1,9 mil professores

Redação

O governador André Pucccinelli (PMDB) afirmou hoje que o principal motivo do Estado ajuizar uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei do piso salarial dos professores foi o tempo destinado ao planejamento das aulas, que deverá consumir 33% da jornada de trabalho de 40 horas semanais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions