A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/10/2008 08:51

Com ação, MS quer evitar contratar 1,9 mil professores

Redação

O governador André Pucccinelli (PMDB) afirmou hoje que o principal motivo do Estado ajuizar uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei do piso salarial dos professores foi o tempo destinado ao planejamento das aulas, que deverá consumir 33% da jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Carro roubado no Rio de Janeiro é recuperado em estrada de acesso ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions