A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

18/09/2010 18:00

Com fraturas, piloto e co-piloto são transferidos

Redação

Dois dos três ocupantes do avião monomotor que caiu próximo ao cemitério em Jardim sofreram fraturas e estão sendo encaminhados para Campo Grande.

Estão sendo transferidos o piloto Rogério Pinto da Silva, que sofreu fratura exposta no braço, e o co-piloto Rodrigo, que fraturou um braço, uma das pernas e teve lesões no maxilar.

O piloto Rogério Pinto da Silva é pai de Rogerinho, a criança assassinada no ano passado em uma briga de trânsito em Campo Grande.

Já Ricardo Poli Marques Cabral, que jogava as pétalas de rosas, sofreu fratura em um dos braços, mas já recebeu alta e está em casa. Ele saltou da aeronave momentos antes da queda, de acordo com o site Tribuna Popular News.

Rogério, Rodrigo e Ricardo faziam uma homenagem ao prefeito Evandro Bazzo. O avião voava a poucos metros do chão para jogar as pétalas durante o cortejo.

O piloto acabou perdendo o controle do avião, que caiu por volta das 16h30.

Mais de cem empresas são notificadas por não cumprirem lei de aprendizagem
Mais de cem empresas foram notificadas por não cumprem a Lei de Aprendizagem em Mato Grosso do Sul. Segundo a Superintendência Regional do Trabalho, ...
Universidades terão incentivo de R$ 10 milhões a projetos de combate a obesidade
Chamada pública do Ministério da Saúde incentiva universidades públicas e privadas a desenvolver projetos com ações de prevenção, diagnóstico e trata...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions