A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/05/2009 18:00

Comarca de Sonora centraliza processos da Operação Cupim

Redação

O juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira, da 1ª Vara de Coxim, decidiu que o julgamento dos denunciados e presos na Operação Cupim devem ser julgados pela Comarca de Sonora. Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça, as interceptações telefônicas foram deferidas pela Vara da Justiça de Sonora.

Os presos na operação são acusados de crime ambiental, falsificação de documentos, sonegação fiscal, corrupção de servidores públicos e lavagem de dinheiro.

Os crimes ficaram conhecidos em todo o país na última semana e estão sendo investigados na Operação Cupim, desencadeada pela Polícia Rodoviária Federal e pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

No dia 11 de maio, a PRF prendeu diversas pessoas em 10 estados e no Distrito Federal .

A maioria dos 14 mandados de prisão e 19 de buscas e apreensão foram cumpridos em Mato Grosso. Em Mato Grosso do Sul foram presos servidores das secretarias estaduais de Fazenda e da Administração e motoristas de caminhão que conduziam madeiras irregulares

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions