A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/02/2015 18:22

Condutor é condenado a pagar R$ 200 mil à família de jovem morta em colisão

Ricardo Campos Jr.

Alexsandro dos Santos foi condenado pela Justiça de Mato Grosso do Sul a indenizar a família de Marília Graciela Pereira Guedes, 25 anos, morta em acidente ocorrido no Carnaval de 2008 na rodovia que liga Tupi Paulista a Ouro Verde, em São Paulo. A vítima era passageira do carro conduzido pelo réu, que bateu de frente com um caminhão na pista.

Conforme a sentença, a ação foi movida pela mãe da jovem, Maria Joeci Pereira Guedes. Ela pediu R$ 2,7 mil por danos morais e materiais referentes aos gastos com funeral mais R$ 1.773,42 porque a vítima ajudava nas despesas de casa.

A defesa de Alexsandro alegou não poderia ser responsabilizado pela batida, pois não praticou nenhuma irregularidade no trânsito, “tendo sido igualmente vítima do acidente”, pois transitava normalmente e em velocidade compatível com a via em questão, tendo sido surpreendido pela indicação de entrada de um caminhão na via.

Os advogados ainda contestaram a dependência econômica da filha e disseram não haver motivo para compensação por danos morais, devendo ser abatida da indenização o valor do DPVAT.

Diante disso, o juiz entendeu que a família tem direito a ser indenizada e condenou o motorista a pagar R$ 197 mil de danos morais e R$ 2,7 mil por danos materiais. A decisão cabe recurso.

O Campo Grande News entrou em contato com a advogada que representa o réu. A informação passada é que ela está doente e as ações estavam aos cuidados de uma profissional que atua no escritório dela, onde ninguém atendeu as ligações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions