A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/05/2010 09:11

Conselheira é investigada por deixar garota com abusador

Redação

Uma conselheira tutelar da região sul de Campo Grande está sendo investigada por não ter tomado medidas ao saber que uma adolescente de 16 anos estava morando com o padrasto, acusado de ter estuprado a garota.

Conforme informações da Polícia Civil foi instaurado inquérito para apurar se houve crime de prevaricação. O nome da conselheira é preservado.

A documentação aponta que a adolescente foi vítima de estupro pelo padrasto e após a morte da mãe voltou, por iniciativa própria, a morar com ele.

A DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) ficou sabendo do fato e oficiou o Conselho Tutelar para que adotasse providências. Sem resposta, enviou um segundo ofício.

"Pelo que se verificou mais tarde, tal documentação no referido Conselho Tutelar ficou a cargo dessa Conselheira, que nada teria feito para evitar que a vítima continuasse convivendo com o autor", informa a nota da Polícia Civil.

Uma tia materna da garota, cujo depoimento foi encaminhado para o Conselho, chegou a dizer que não sabia se a sobrinha morava com o padrasto "como filha ou como mulher".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions