A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/12/2014 18:16

Corpo de estudante é encontrado com marcas de tiro em estrada vicinal

Michel Faustino
Corpo de jovem foi encontrado amarrado e com um tiro na cabeça. (Foto: Reprodução/Facebook)Corpo de jovem foi encontrado amarrado e com um tiro na cabeça. (Foto: Reprodução/Facebook)

O corpo do estudante de medicina Eric Francio Severo, de 21 anos, foi encontrado na tarde deste domingo (28) na cidade de Lucas do Rio Verde, em uma estrada vicinal conhecida como Vale do Verde (MT), a dois quilômetros da BR-163. Segundo informações do jornal Cenário MT, o corpo estava amarrado e com um tiro na cabeça.

A dupla, Marcio Marciano Batista, 30 anos, e Rafael Bueno dos Santos Missuco, 25 anos, foi presa pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), com a caminhonete de Eric, na tarde de ontem, na BR-163, próximo a entrada de Campo Grande. Eles confessaram que mataram o estudante para roubar o veículo.

Ação - O universitário saía de um bar, na região central de Sinop (MT), quando foi abordado pelos bandidos, interessados na caminhonete S10 da vítima. Os assaltantes levariam o veículo para Dourados (MS), mas foram interceptados pela Polícia Rodoviária Federal, em barreira na entrada de Campo Grande, no posto 21, na saída para São Paulo.

Como havia um boletim de ocorrência em Mato Grosso, registrado depois do desaparecimento do jovem, os dois foram detidos e levados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), na Vila Piratininga.

Em depoimento, eles disseram que executaram Eric ainda no Mato Grosso, a cerca de 200 quilômetros do local do assalto. Segundo o delegado Gustavo Bueno, o crime foi encomendado por presidiários de Guarulhos (SP). Em Dourados, outra pessoa pegaria a S10 e cruzaria a fronteira com o Paraguai.

Ainda de acordo com a polícia, os assaltantes se conheceram há 2 anos, em uma casa noturna, trabalhando como vigilantes. No sábado, por volta das 3 da madrugada, eles dominaram Eric em frente a uma boate na região central de Sinop.

Os 3 partiram rumo a Dourados, mas no caminho os ladrões resolveram matar o estudante, porque haviam dito muitos nomes que poderiam comprometer a ação. Segundo os bandidos, um deles deu um tiro na cabeça de Eric, na região do ouvido, e depois os dois abandonaram o corpo na área rural.

Perda - Eric é filho do publicitário Leonildo Severo e cursava o 2º ano de Medicina em Tubarão (SC). Como estava de férias, voltou para casa no início de dezembro. Após ter confirmado a morte do filho, por meio da rede social (Facebook), Leonildo postou uma mensagem agradecendo o apoio dos amigos.

 

Corpo de estudante é encontrado com marcas de tiro em estrada vicinal
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...


Não existe palavras para definir tamanho sentimento de tristeza, eu como mãe de dois jovens batalhando,estudando pelo um futuro melhor,ver esse jovem perdendo a vida por tão pouco.. como o Leo e o Breno,amigo tbm dos meus filhos. Só nós podemos mudar isso! Meus pêsames a família. Meu coração tbm esta espedaçado!
 
Gi em 28/12/2014 19:37:36
É realmente triste saber que esse jovem rapaz ,foi mais uma vítima de bandidos cruéis, que matam sem remorso algum. A polícia agiu rapidamente e prendeu os autores, mas é triste e revoltante saber que nossa justiça não é nem um pouco exemplar e que daqui poucos anos , esses mesmos bandidos, irão estar em alguma penitenciária desfrutando de refeições balanceadas, feitas por nutricionistas pagas pelo governo estadual, sendo que eles, infelizmente em um futuro próximo, estarão nas ruas novamente, soltos, para quem sabe cometer mais latrocínio, arrasando com o coração de mais uma família. Esse é o nosso país; Daí eu pergunto:será que os representantes dos direitos humanos irão dar algum tipo de apoio para essa família?
 
Renato em 28/12/2014 19:05:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions