A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/04/2008 16:37

Corumbá terá acesso provisório até a fronteira boliviana

Redação

A prefeitura de Corumbá informou hoje que implantará um trajeto provisório para carretas que seguirem para a Bolívia, como parte do projeto que irá disciplinar o transporte de cargas pesadas na zona urbana do município. A proposta elaborada pela Agência Municipal de Transporte e Trânsito traçará uma rota alternativa até que o anel viário da cidade seja concluído.

Mesmo com o anúncio desta obra, a prefeitura já tem estudos apontando que o traçado do anel viário já não atende as necessidades de se desviar o trânsito pesado dos núcleos populacionais. Um novo projeto de contorno será enviado ao Departamento Nacional de Infra-estrutura e Transportes. O secretário de Desenvolvimento Sustentável, Cássio Costa Marques, explicou em reunião com empresários do setor de transporte que o novo traçado contorna a morraria pelo acesso ao Taquaral, da fazenda Piteiras até a Armazéns Gerais Alfandegários.

Já o traçado original compreende o último trecho da BR-262 até a fronteira com a Bolívia, passando por cinco bairros populosos e uma escola de grande porte. O fluxo de carretas no local chega a 120 por dia. O novo acesso obrigatório terá extensão de 11 quilômetros, a partir da entrada da cidade pela avenida Gaturana, com contorno na rua Albuquerque e seguindo pelas ruas Hélio Benzi, Geraldino Martins de Barros, Teodomiro Serra, 15 de Novembro, Gonçalves Dias, Edu Rocha, Monte Castelo, Goiás e novamente Gonçalves Dias, até se chegar à Agesa.

A Agetrat considera este um traçado de menor impacto. A implantação ainda depende de sinalização adequada, com instalação de cinco semáforos, levantamento da rede elétrica e alargamento das pistas. O novo acesso foi traçado a partir de um estudo que incluiu simulação do trajeto com caminhão de combustível e carretas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions