A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/04/2014 19:48

CUT e sindicatos do Estado participam da 8ª Marcha dos Trabalhadores em SP

Alan Diógenes
Mais de 200 dirigentes de MS irão participar da marcha. (Foto: Divulgação)Mais de 200 dirigentes de MS irão participar da marcha. (Foto: Divulgação)

Centrais sindicais de todo o país realizam amanhã (9) a 8ª Marcha da Classe Trabalhadora em São Paulo (SP). Mais de 200 dirigentes da CUT/MS (Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul), Sindicato dos Bancários de Campo Grande, Sindicato da Alimentação da Capital e do Fórum da Juventude, também acompanharão o evento.

Os dirigentes do Estado participarão da marcha com o objetivo de avançar a pauta da classe trabalhadora. Eles pedem o fim do fator previdenciário, a redução dos juros e do superávit primário, a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução de salário, a não ampliação da terceirização, e a igualdade de oportunidades para homens e mulheres.

As centrais também elaboraram um documento que será entregue à presidenta Dilma Rousseff (PT), aos presidentes do Senado, da Câmara dos Deputados e do Tribunal Superior do Trabalho. O objetivo da entrega da papelada é retomar a “Agenda da Classe Trabalhadora para um Projeto Nacional de Desenvolvimento com Soberania, Democracia e Valorização do Trabalho”, construído em 2010, durante ato no estádio do Pacaembu.

Os trabalhadores também querem durante o ato, defender a manutenção da política de crescimento com distribuição de renda adotada na última década e conquistas como a valorização permanente do salário mínimo, resultado da luta conjunta do movimento sindical.

Centrais sindicais cobram votação do projeto que extingue fator previdenciário
As cinco maiores centrais sindicais do país criticaram hoje (30), em nota conjunta, a decisão da bancada governista de adiar a votação do projeto de ...
Centrais sindicais se mobilizam em defesa da jornada de 40h semanais
As cinco centrais sindicais (CTB, CGTB, Força Sindical, UGT e NCST) decidiram intensificar a mobilização dos trabalhadores em duas das 10 metas de lu...
Centrais sindicais esperam reunir 10 mil pessoas em festa do Dia do Trabalhador
As centrais sindicais em Mato Grosso do Sul esperam reunir 10 mil pessoas em uma festa popular no dia 1º de Maio, Dia do Trabalhador, na praça do Rád...
Centrais sindicais tentam esta semana acordo para correção da tabela do IR
O aumento do salário mínimo e a correção da tabela do Imposto de Renda estão na pauta de discussões desta semana. Representantes de seis centrais sin...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions