A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019

09/08/2011 15:30

Deficiente visual foragido de MS há 3 meses é preso no Rio de Janeiro

Nadyenka Castro

Ele é condenado pelo crime de estelionato e tentava aplicar golpe no Ministério Público, em Volta Redonda

Deficiente visual aplicava golpes em vários estados, estava foragido de MS e foi preso no Rio de Janeiro. (Foto: Divulgação)Deficiente visual aplicava golpes em vários estados, estava foragido de MS e foi preso no Rio de Janeiro. (Foto: Divulgação)

Foragido do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, em Campo Grande, o deficiente visual Augusto José Paes da Silva, foi preso no estado do Rio de Janeiro.

De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa da Polícia Civil daquele estado, Augusto, que é condenado por estelionato, foi preso após tentar aplicar golpe no Ministério Público.

Ele procurou o Ministério Público e uma funcionária do órgão desconfiou da atitude dele e comunicou à delegacia, onde foi constatado que Augusto estava foragido. Os policiais então o encontraram no albergue onde estava hospedado.

O deficiente visual foi condenado por estelionato após tentava aplicar um golpe contra o presidente da Associação Comercial de Coxim, município distante 260 quilômetros de Campo Grande, em fevereiro de 2009.

Ele ligou para o diretor da entidade se identificando como juiz e pedia a contribuição de R$ 1 mil para suposta cirurgia oftalmológica que seria realizada em outro deficiente.

Augusto também tentou aplicar golpe semelhante em entidades da Capital. Ele tem antecedentes criminais em São Paulo, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Goiás, Ceará e Amazonas, a maioria delas por estelionato.

Ele foi para a Colônia Agroindustrial em 29 de abril e no dia 12 de maio fugiu, sendo localizado no estado fluminense. Ele dizia ser cego dos dois olhos, mas, na verdade, é de apenas um.

Cego tenta aplicar golpe em associação e vai preso
O deficiente visual Augusto José Paes da Silva, 53 anos, foi preso ontem, quando tentava aplicar um golpe contra o presidente da Associação Comercial...
PF pede 90 dias para fechar inquérito sobre atentado contra Bolsonaro
A Polícia Federal (PF) pediu hoje (16) à Justiça Federal em Minas Gerais mais 90 dias para encerrar o inquérito que apura quem são os responsáveis pe...


Até cego escapa da Policia de Mato Grosso do Sul, não querendo ofender os deficientes visuais, mas tem muitos deles que enxergam melhor que nossos policiais.
 
lucas figueiredo em 10/08/2011 09:49:14
Poxa vida....como é seguro essa colônia agroindustrial, se um deficiente visual consegue fugir, imagine o que não tem deficiência.....Eita Brasil....rsrssss
 
Rosangela Carvalho em 10/08/2011 09:03:46
A seguança dos estabelecimentos penais são rigorosas mesmo; até deficiente visual foge isso é Brasil.
 
porfirio vilela em 09/08/2011 08:30:42
CARACA, SE DEFICIENTE VISUAL ELE CONSEGUIU FUGIR, SE ELE ENXERGA-SE ESTARIA NA LUA ESSA HORA!!!!!!
 
Gabriel Rodi em 09/08/2011 04:19:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions