A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/04/2011 09:53

DEPCA investiga mais de 200 casos de abusos contra crianças na Capital

Redação

Francisco Júnior

A DEPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) está investigando atualmente cerca de 200 casos de abuso sexual contra crianças em Campo Grande. Esse tipo de crime cada vez mais vem ganhando repercussão na mídia. No dia 13 deste mês, José Martins de Santana, 48 anos, foi preso acusado de abusar de 15 meninos. Durante depoimento, ele confessou os crimes.

A delegacia recebe pelo menos uma denuncia por dia. Só nos quatro primeiro meses deste ano já foram 125 casos. De acordo com a delegada Regina Márcia Rodrigues da Motta, os abusos geralmente são praticados por alguém da família da vítima. “A grande maioria dos casos que estamos investigando foi intrafamiliar”, afirmou

“O mesmo agressor que abusa de um membro da própria família, abusa de outras crianças”, disse a delegada

Conforme Regina Márcia, apesar das denuncias, muitos casos acabam sendo arquivados por não tem sido comprovado o abuso ou a vítima e familiares desistem de dar continuidade e não retornam a delegacia para prosseguimento nas investigações.

Garotos – NO caso mais recente, José Martins de Santana tinha preferência por garotos. Ele chegou a trabalhar como cozinheiro em uma escolinha de futebol, e durante viagens do time para competições cometia os abusos. “Ele passava a mão nos meninos, fazia sexo oral”, informou a delegada.

Ele acabou preso depois de abusar de dois meninos, quando esteve em uma fazenda para fazer um trabalho. O agressor está preso no presídio de trânsito em Campo Grande.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente está localizada na rua Arquiteto Vila Nova Artigas s/n°, no bairro Conjunto Aerorancho - Setor IV, o telefone de contato é o 3385-3456.



Nossa será que ele não se coloca no lugar de um pai dessas vitimas, e será como foi a recepção dele na delegacia na mareninha ... Olha os prezos embora quase todos da mesma laia porque não pagam pensão alimenticia, tudo da area dele, mais podem ficar tranquilas mães na cadeia ele vai ter o dele e vai ficar de boa, a quarentena dos presos vai fazer ele se arrepender de fazer isso com as crianças, vai fazer coisas bem piores com ele, e embora com certeza ninguém vai ficar sabendo !!! Boa sorte para ele ...
 
João Thalles Queiroz em 28/04/2011 12:48:24
O certo era castrar estes covardes para servir de exemplo, quem sabe diminui os numeros deste crime absurdo. A policia prende e em poucos meses já ta de volta as ruas pois a justiça é falha.
 
Aline Moura em 28/04/2011 11:42:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions