A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

06/10/2017 14:44

Derf prende suspeito de série de roubos em Campo Grande

Um julho deste ano o suspeito foi preso em flagrante por roubo, mas foi liberado em audiência

Geisy Garnes e Guilherme Henri
Marcos foi preso em uma casa da Rua Joaquim Diniz (Foto: Marina Pacheco)Marcos foi preso em uma casa da Rua Joaquim Diniz (Foto: Marina Pacheco)

Equipes da Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Roubo e Furto) prenderam na tarde desta quinta-feira (5) Marcos Luges Duarte, de 33 anos, por envolvimentos em uma séria de roubos e furtos em Campo Grande. O suspeito foi preso horas depois de assaltar uma estudante de 23 anos, em um ponto de ônibus na Vila Morumbi.

Dono de uma longa ficha criminal, Marcos foi preso em flagrante em uma residência do Jardim Auxiliadora com o celular roubado da jovem. No local, os policias ainda encontraram vários documentos, possivelmente de vítimas.

Para a polícia, a vítima contou que estava esperando do ônibus para ir a uma entrevista de emprego, quando notou a a aproximação do suspeito, que estava em uma motocicleta. Marcos estacionou, desceu do veículo e com uma faca na mão, anunciou o assalto. Foi ele quem tirou o celular do bolso da vítima e fugiu com o aparelho logo em seguida.

O assaltante já era investigado pela delegacia por outros crimes, e acabou preso depois que denúncias levaram os policiais a uma residência da Rua Joaquim Diniz. Segundo apurado pelo Campo Grande News, Marcos é apontado como o responsável por pelo menos oito roubos, todos da mesma maneira, usando uma moto, que ele alegou ser emprestada de uma amigo e a faca para render as vítimas.

Delegado Reginaldo Salomão, responsável pela investigação do roubo (Foto: Marina Pacheco)Delegado Reginaldo Salomão, responsável pela investigação do roubo (Foto: Marina Pacheco)

Depois de preso, o suspeito confessou ainda o roubo a uma esmalteria, localizada no Bairro Tiradentes, e os furtos a farmácia da Mata do Jacinto e uma pizzaria na Vila Planalto. Documentos levados do local também foram apreendidos pela polícia na casa em que o Marcos foi encontrado.

"Eu sai de casa com a intenção de tentar trocar meu celular numa boca de fumo, mas não aceitaram o meu porque era muito velho, então tive que levantar um celular para conseguir minha droga", relatou a polícia.

Nos relatos das vítimas, o preso era descrito como um homem violento e em depoimento, Marcos afirmou que agia sobre o feito de drogas em todos os crime. Em julho deste ano, ele foi preso em flagrante também pelo crime de roubo, mas acabou liderado em audiência de custódia.

Desta vez, levando em consideração as várias passagens do suspeito, o juiz decretou sua prisão preventiva.

Passagens - Em 2013 Marcos foi preso por envolvimento em um homicídio, no Bairro Vilas Boas, em Campo Grande. Segundo a polícia, ele ajudou o irmão, Sandro Luges Duarte a ocultar o corpo da vítima. Uma briga por drogas teria resultado no crime.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions