A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

29/10/2009 09:35

Desmembrado, inquérito da Brothers vai à Justiça Federal

Redação

Empresários, políticos e servidores públicos de Dourados acusados de fraude, corrupção passiva e outros delitos por irregularidades em processos de licitação investigados pela Operação Brothers, da Polícia Federal, também devem responder a processo na esfera federal. A juíza da 1ª Vara Criminal, Dileta Terezinha Souza Thomaz, acatou pedido do MPE (Ministério Público Estadual) e determinou o desmembramento do inquérito e remessa de cópias das investigações para a Justiça Federal.

Os crimes da esfera federal atribuídos aos indiciados pela PF são fraude à licitação da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), falsidade ideológica para fraudar a licitação da mesma universidade, crime contra o sistema financeiro nacional, sonegação de contribuição previdenciária e lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores.

Escutas telefônicas feitas pela Polícia Federal revelaram que os irmãos Eduarte e Everaldo Leite Dias montaram um esquema para vencer licitações para contratação de serviços de limpeza na UFGD. Além da investigação da PF, o caso foi apurado pela CGU (Controladoria-Geral da União), cujos relatórios já foram enviados ao MPE.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions