A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/03/2014 17:02

Detran aplica R$ 3,1 milhões em frota da PM e quer expedir multa na hora

Lidiane Kober e Filipe Prado
Nesta segunda-feira, 34 municípios partilharam 72 novas viaturas (Foto: Marcos Ermínio)Nesta segunda-feira, 34 municípios partilharam 72 novas viaturas (Foto: Marcos Ermínio)

Após firmar convênios com 50 prefeituras, o Governo do Estado faturou pelo menos R$ 3,15 milhões com multas de trânsito e começou, nesta segunda-feira (24), a apresentar o destino da verba.

Do total, R$ 2,3 milhões foram revertidos na aquisição de 72 viaturas. Os veículos vão incrementar a atual frota de 1,3 mil e devem ampliar a fiscalização nas ruas do Estado. Também estão previstos investimentos na informatização e na compra de talonários eletrônicos para expedir a multa na hora da infração.

O recurso é reflexo da lei 9.603, que obriga a destinação de 30% da arrecadação em multas para a Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) aplicar em melhorias no setor.

Em Mato Grosso do Sul, dos 79 municípios, 50 obedecem a regra e firmaram convênio com o Estado por meio do Conselho Estadual de Trânsito, presidido por Regina Maria Duarte. Nesta segunda-feira, 34 prefeituras partilharam 32 carros, dois caminhões e 36 motocicletas.

Governador e a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, durante evento na Capital (Foto: Pedro Peralta)Governador e a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, durante evento na Capital (Foto: Pedro Peralta)

Diretor-presidente do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Carlos Henrique Santos Pereira informou que o próximo passo será destinar à Polícia Militar, em abril, talonários eletrônicos para multar na hora da aplicação da penalização. “Isso tornará a fiscalização mais eficiente e menos inconsistente”, avaliou.

No mesmo período, ele revelou investimento de R$ 850 mil para revitalização e troca de equipamentos de informática. “Vai dar mais tranquilidade e segurança ao usuário do Ciops (Centro Integrado de Operações e Segurança de Mato Grosso do Sul)”, destacou Pereira.

Sobre os convênios firmados com as prefeituras, Regina Maria informou que, cada município, recebe o retorno de acordo com a arrecadação das multas de trânsito. Ela contou ainda que a aplicação da verba é decidida levando em conta as prioridades do setor de segurança pública do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions