A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/09/2013 08:31

Dia da Árvore: moradores têm orgulho e curtem arborização da cidade

Elverson Cardozo
Kissila Eliza diz que a Capital tem uma diferencial frente às outras cidades. (Foto: Marcos Ermínio)Kissila Eliza diz que a Capital tem uma diferencial frente às outras cidades. (Foto: Marcos Ermínio)

Apontada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2012, como uma das cidades mais arborizadas do país, Campo Grande tem, neste sábado (20), Dia da Árvore, um destaque maior e os moradores, mais motivos para comemorar.

O título agrada quem vive aqui. A arborização é, sem dúvida, um diferencial, mas é preciso, além de aproveitar o benefício, ter consciência e saber cuidar deste patrimônio, que não é eterno.

Há 40 anos na Capital, o picolezeiro Adventor Correa de Moraes, 71 anos, não trocaria a cidade por nada, porque gosta da paisagem, do ar puro e da tranquilidade.

Gosta da sombra. Vive embaixo dela durante o trabalho e, por isso, cuida da melhor maneira que pode, mas percebe que nem todos agem assim, apesar do discurso.

Do centro aos bairros, o verde está presente em Campo Grande. “É bom”, disse seu Adventor, “mas falta mais um pouco de zelo”. O picolezeiro se refere às árvores centenárias que, a avaliação dele, põe em risco a seguranças das pessoas.

Adventor Correa gosta do verde, mas se preocupa com as árvores centenárias. (Foto: Marcos Ermínio)Adventor Correa gosta do verde, mas se preocupa com as árvores centenárias. (Foto: Marcos Ermínio)

Para embasar a “tese” de que o bonito só não resolve, ele cita a queda de um Jacarandá da Folha Amarela dentro da Praça Ary Coelho, no início deste mês. Na ocasião, duas mulheres ficaram feridas. “Tem que ter sombra, mas também segurança”, afirmou.

O “lado ruim” tem seu fundamento, mas não é preciso enxergar a parte boa. Estudante do ensino médio, Kissila Eliza, 17 anos, soube destacar algumas vantagens.

“A gente não vê isso em outras cidades. Tem muita poluição. É difícil para respirar. As árvores trazem coisas boas, um bem estar”. Para Kissila, o diferencial da Cidade Morena precisa ser valorizado.

Servidor Público, José Carlos Brandão, 42 anos, se orgulha de dizer que tem, em casa, dois pés de coco, um de pitanga e outro de limão. “Quem cuida tem. Quem não cuida, amém”, brincou, rimando.

José Carlos ser orgulha de morar em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)José Carlos ser orgulha de morar em Campo Grande. (Foto: Marcos Ermínio)

Se depender dele, o título de cidade mais arborizada do país permanece. José Carlos já sabe que, para ter, precisa preservar, mas a conscientização das novas gerações é algo constante.

E por isso que ele apoia iniciativas de cunho ambiental, como o plantio de mudas promovido por empresas. “Se eles cumprir o que prometem, é a melhor coisa que tem”, avaliou.

Cidade mais arborizada - Com 114 anos pouco mais de 800 mil habitantes, Campo Grande recebeu o título da cidade mais arborizada do país, deixando Goiânia para trás, segundo pesquisa do IBGE. O estudo aponta que de 100 residências, 96 são arborizadas.

Esse jovem aproveitou a sombra da Praça do Rádio Clube para descansar. (Foto: Marcos Ermínio)Esse jovem aproveitou a sombra da Praça do Rádio Clube para descansar. (Foto: Marcos Ermínio)

De acordo com o PDAU (Plano Diretor de Arborização Urbana) da Capital, realizado entre 30 de outubro a 29 de dezembro de 2009, há 153.122 mil árvores nas vias urbanas da cidade.

O maior número é encontrado no bairro Aero Rancho, que registra 5.024 mil espécies, seguido dos setores da Moreninha, Centro-Oeste, Universitário e Nova Lima.

Considerando o número de árvores por habitantes, a melhor situação foi registrada na Chácara dos Poderes, com 0,92 árvores/habitantes. A situação mais crítica foi encontrada no setor do Caiobá, que possui 0,10 árvores/habitantes. Segundo o estudo, são quase 10 habitantes para cada árvore.

De acordo com o Plano Diretor de Arborização Urbana da Capital, há 153.122 mil árvores nas vias urbanas da cidade. (Foto: Marcos Ermínio)De acordo com o Plano Diretor de Arborização Urbana da Capital, há 153.122 mil árvores nas vias urbanas da cidade. (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions