A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/09/2013 16:12

Diretor do Telemídia quer fazer acareação com secretário de Saúde

Edivaldo Bitencourt e Bruno Chaves
CPI da Saúde ouve depoimento de Naim Beydoyn (Foto: Cleber Gellio)CPI da Saúde ouve depoimento de Naim Beydoyn (Foto: Cleber Gellio)

O diretor-presidente do Consórcio Telemídia e Technology International, Naim Alfredo Beydoun, quer fazer uma acareação com o secretário municipal de Saúde, Ivandro Corrêa Fonseca, para esclarecer sobre o Gisa (Gestão de Informação de Saúde). Ele garante que o programa está pronto para funcionar, enquanto o titular da Sesau diz que somente 15% está instalado.

“(Ivandro Fonseca) não está fazendo jus ao cargo que ele está exercendo”, acusou Beydoun, em depoimento, na tarde desta segunda-feira (16) à CPI da Saúde da Assembleia Legislativa. Ele garante que todo o sistema está em condições de funcionar e frisou que já realizou, só no mês de janeiro de 2012, 28 mil atendimentos para marcar consultas por telefone.

“Ele está sendo injusto com a população”, acusou, sobre o fato dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) continuarem madrugando e enfrentando filas para marcar consultas.

“O programa está complemente pronto. A Prefeitura pode usar a qualquer momento”, frisou. E durante o depoimento, o empresário ressaltou, em mais de uma ocasião, que não tem preferência partidária nem defende este ou aquele candidato.
Contudo, admitiu, que temia o não funcionamento do Gisa por causa da rede dos postos de saúde e do “servidor”, que precisavam de investimentos para se tornarem mais modernos e atualizados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions