A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

01/06/2017 10:17

Disputa por terreno do Indubrasil deve ser decidida na Justiça, diz prefeitura

Renata Volpe Haddad
As três saídas da rotatória do Indubrasil estão bloqueadas. (Foto: André Bittar)As três saídas da rotatória do Indubrasil estão bloqueadas. (Foto: André Bittar)

A briga pelo terreno de dez hectares do Indubrasil, onde mais de 69 famílias construíram casas há mais de 30 anos, só pode ser resolvida na Justiça. Moradores bloqueiam desde às 6h40 desta quinta-feira (1º) a rotatória do distrito industrial, na BR-262, devido a ordem de despejo solicitada pelo dono da área.

Procurada pela reportagem do Campo Grande News, a prefeitura da Capital afirmou que não tem como intervir no processo que envolvem uma série de ações tais como usucapião, reivindicatória (que exige a indenização das bem feitorias edificadas pelos ocupantes) e mandados de segurança impetrados pelas partes envolvidas, sobretudo por se tratar de uma área particular ocupada há mais de 25 anos.

Os moradores alegam que em abril, um homem apareceu dizendo que era dono do terreno e que voltaria em 12 de junho para derrubar as casas. São mais de dez hectares e há casas de alvenarias construídas no local. 

De acordo com a dona de casa Maria Marta dos Santos, 39, 69 famílias construíram casas em um terreno, há mais de 30 anos. "São casas de alvenaria e tem família que mora lá há muito tempo. Em abril, apareceu um senhor reivindicando o terreno, mas não apresentou escritura", conta.

As famílias também não possuem escritura do local onde moram. Ainda segundo Maria, a prefeitura e o Ministério Público Estadual foram procurados. "Mas ninguém nos deu atenção e entramos com processo na justiça. O homem disse que vai vir aqui e derrubar as casas no dia 12 de junho, não temos para onde ir", lamenta.

Conforme outro manifestante que não se identificou, por volta de 10h, todas as saídas da rotatória estão bloqueadas e nenhum carro mais está sendo liberado. Nem o homem que alega ser dono do terreno apareceu e nem representante do poder público.

Famílias querem presença do poder público para liberarem tráfego na BR-262. (Foto: André Bittar)Famílias querem presença do poder público para liberarem tráfego na BR-262. (Foto: André Bittar)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions