A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/06/2010 13:38

Em ação contra diploma falso, PF acha pedras preciosas

Redação

A PF (Polícia Federal) cumpriu mandado de busca e apreensão na manhã de hoje dentro da Operação Formatura e encontrou pedras preciosas sem documentação em uma casa no bairro Recanto dos Pássaros, região oeste de Campo Grande. A operação investiga a venda de diplomas falsos em 7 Estados, incluindo Mato Grosso do Sul.

Na casa de um homem identificado apenas com as iniciais B.F, um dos responsáveis pelo Idefor (Instituto de Desenvolvimento, Estudo e Formação de Mão de Obra de Mato Grosso do Sul), foram apreendidas pedras preciosas e semi-preciosas sem documentação que deve ser expedida pelos órgãos reguladores de comércio e exploração de minerais.

Por esse motivo, ele foi preso em flagrante pela Polícia Federal. Ainda na residência, foram recuperados documentos, computadores, certificados, cópias de documentos pessoais e históricos escolares, que fariam parte do esquema de diplomas falsificados.

O material apreendido por encaminhado para a Perícia Criminal da PF. A Operação Formatura vai cumprir 59 mandados de busca e apreensão, sendo 25 em Mato Grosso do Sul. A ação investiga a venda de diplomas nas cidades de Campo Grande, Alcinópolis, Rio Negro, Sidrolândia, Nova Andradina, Corumbá, Ponta Porã e Ivinhema.

Em maio deste ano, a Polícia Civil desbaratou o esquema de venda de diplomas pela escola Paulistec. Ao todo, mais de 1.200 pessoas foram lesadas pelos documentos falsos, em um prejuízo superior a R$ 630 mil. O Procon está realizando audiências de conciliação para buscar o ressarcimento das vítimas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions