ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Em depoimento, comerciante garante que não queria matar

Por Redação | 01/08/2008 18:15

O comerciante Werlei Francisco da Silva, de 40 anos, se apresentou hoje à Polícia Civil, declarou ter sofrido dez roubos, mas garante que não teve intenção de matar os autores do décimo assalto, sofrido na última quarta-feira e que resultou na morte do assaltante Tiago Figueiredo da Silva, 20 anos.

Proprietário do mercado na rua Spipe Calarge, ele conta que após ser assaltado, perseguiu, de carro, a motocicleta onde estava a dupla de assaltantes. Toda a ação se passou na rua, na região do Rádio Clube Campo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário