A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/08/2008 18:15

Em depoimento, comerciante garante que não queria matar

Redação

O comerciante Werlei Francisco da Silva, de 40 anos, se apresentou hoje à Polícia Civil, declarou ter sofrido dez roubos, mas garante que não teve intenção de matar os autores do décimo assalto, sofrido na última quarta-feira e que resultou na morte do assaltante Tiago Figueiredo da Silva, 20 anos.

Proprietário do mercado na rua Spipe Calarge, ele conta que após ser assaltado, perseguiu, de carro, a motocicleta onde estava a dupla de assaltantes. Toda a ação se passou na rua, na região do Rádio Clube Campo.

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions