A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/08/2008 15:50

Em MS, fiscalização "deu" carteira assinada a 8 mil

Redação

No primeiro semestre, 8.181 trabalhadores de Mato Grosso do Sul passaram a ter carteira assinada após ação fiscal da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego. O número foi divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho. De acordo com o órgão, no Estado, a média foi de 49,27 empregados registrados por auditor.

No Brasil, foram fiscalizadas 139.867 empresas, que mantinham seus empregados trabalhando sem o amparo da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Elas foram levadas a assinar as Carteiras de Trabalho e Previdência Social de seus empregados. Do total, 24.998 foram autuadas e lavrou-se 48.560 autos de infração.

Do total de trabalhadores, 26.206 são aprendizes (14 a 24 anos) e 1.169 adolescentes (16 a 18 anos). As multas variam de R$ 450 (por cada trabalhador irregular encontrado) a R$ 6,5 mil.

São Paulo foi o Estado que mais registrou novos trabalhadores mediante a ação fiscal do ministério: 67.867, seguido de Minas Gerais com 26.351 e Rio de Janeiro, 22.962.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions