A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/03/2015 13:12

Em MS, só um quinto dos municípios têm número ideal de médicos

Em relação ao número de leitos, a situação é pouco melhor com 20 municípios

Juliene Katayama
Governo lança Caravana da Saúde para reduzir filas de espera por cirurgia eletiva (Foto: Alcides Neto)Governo lança Caravana da Saúde para reduzir filas de espera por cirurgia eletiva (Foto: Alcides Neto)

Em Mato Grosso do Sul, dos 79 municípios, apenas 14 tem número ideal de médicos. Se a análise restringir apenas a médicos do SUS (Sistema Único de Saúde), o índice cai de 17,7% para 12,7%, ou seja, dez cidades. O levantamento foi feito pelo TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado).

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), o parâmetro ideal de atenção à saúde da população é a relação de um médico para cada 1.000 habitantes. Quase a metade dos municípios, 41,8% (33 municípios), não atinge nem a metade da meta.

Campo Grande lidera o ranking com 2,60 médicos para cada 1.000 habitantes. Em seguida, aparece Dourados com 2,08. Estas são as duas maiores cidades do Estado. A lista ainda cita: Aquidauana (1,53); Selvíria (1,50); Três Lagoas (1,40); Aparecida do Taboado (1,20); Costa Rica (1,14); Paranaíba (1,07); Bataguassu (1,05); Nova Andradina (1,04); Chapadão do Sul (1,03); Figueirão (1,03); Bodoquena (1,02) e Jateí (1,01).

Leitos – O levantamento também mostrou que apenas 16 municípios, 20,3%, apresentam número ideal de leitos, ou seja 2,5 leitos para cada 1.000 habitantes. Comparado ao leito SUS, o número cai para 7 cidades. Segundo o Ministério da Saúde, a referência é de 2,5 a 3 leitos para cada 1.000 habitantes.

Os três primeiros da lista estão Sete Quedas com 5,88 leitos de acordo com a referência, Jateí (5,18) e Fátima do Sul (4,79). Campo Grande ocupa o 13º lugar no ranking e Dourados o 11º.

Os municípios do Estado que apresentam índice ideal são: Paranaíba (4,67); Rio Negro (4,39); Figueirão (4,34); Eldorado (3,82); Aquidauana (3,69); Iguatemi (3,63); Amambai (3,46); Dourados (3,28); Novo Horizonte do Sul (3,27); Campo Grande (3,15); Cassilândia (2,98); Costa Rica (2,71); e Angélica (2,65).

Municípios ideais – Cruzando as informações de municípios com número de médicos e de leitos ideal, apenas três cidades estão de acordo com o estabelecido pelo Ministério da Saúde: Campo Grande, Dourados e Aquiduana.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions