A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

23/05/2014 12:58

Comissão de Emprego e Renda poder virar conselho, diz novo membro

Luciana Brazil

Os dois novos conselheiros da Comissão Municipal de Emprego e Renda foram empossados na manhã de hoje (23), pela Prefeitura de Campo Grande, na sede da Planurb (Instituto de Planejamento Urbano). Além de discutir o fortalecimento de políticas públicas, os novos membros pretendem ainda debater a possível mudança do grupo, transformando a comissão em um conselho, instituído por lei. O conselheiro Cícero Ávila, diretor -presidente da Funsat (Fundação Social do Trabalho), explica que a ideia foi proposta pelo prefeito Gilmar Olarte (PP). “A vantagem é que, sendo um conselho, ele é instituído por lei e não pode ser anulado. Para que isso aconteça é preciso que passe por aprovação da Câmara (de Vereadores)”. A medida, segundo Cícero, proporcionará um grupo mais consolidado.

A primeira iniciativa da Comissão será um dia de inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A ação acontece no dia 30 de maio. “Será o Dia D e é a primeira iniciativa deste mote”, afirmou Cícero.

A Comissão Municipal de Emprego e Renda (CMER) tem a finalidade de estabelecer diretrizes e prioridades políticas de emprego e renda em Campo Grande. Entre as atividades estão a elaboração do Regimento Interno, observando os critérios, determinações e competências estabelecidas pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador – CODEFAT.

O grupo vai discutir também a criação de um plano com diversos programas que vão intermediar em várias políticas públicas como a qualificação de emprego, micro-crédito, intermediação de mão de obra e economia solidária. “Discutiremos a formação de vários projetos. O poder público não pode atuar sozinho. A intenção é ampliar o diálogo social, assim fortalecemos as políticas públicas”.

Cícero lembra ainda que o grupo tem a missão de planejar, deliberar e controlar as políticas públicas.

Funcionamento- A Comissão tem representação paritária e tripartite com mandato de três anos para cada conselheiro e seus suplentes. Representando o Poder Público Municipal está a Fundação Social do Trabalho – Funsat; na esfera do Poder Publico Estadual, a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul - Funtrab e representando o Poder Publico Federal – a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de MS – SRTE/MS.

Prefeitura abre 56 vagas para profissionais de educação física
Processo seletivo aberto da prefeitura quer contratar 56 profissionais de educação física para atuar no programa “Movimenta Campo Grande”. Os salário...
Concurso da Câmara de Ribas do Rio Pardo com 20 vagas inscreve até 7 de julho
Terminam no dia 7 de julho as inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Ribas do Rio Pardo, distante 103 quilômetros de Campo Grande. No ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions