ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 25º

Empregos

Concurso da Guarda já recebeu 20 mil inscritos e concorrência é de 73 por vaga

As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro, mas candidatos têm até 1º de março para pagar a taxa – R$ 120

Por Anahi Zurutuza e Clayton Neves | 19/02/2021 11:15
Novos guardas sairão de corporação com porte de arma (Foto: Campo Grande News/Arquivo)
Novos guardas sairão de corporação com porte de arma (Foto: Campo Grande News/Arquivo)

Apesar de não oferecer salário alto, o atrativo de muitas carreiras no serviço público, o concurso da Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande já recebeu cerca de 20 mil inscrições. A concorrência, portanto, está em 73 candidatos por vaga, uma vez que a corporação pretende contratar por meio do processo seletivo, num primeiro momento, 273 aprovados.

As informações são do secretário municipal de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja. “Já chegou a entorno de 20 mil inscritos a uma semana de vencer o prazo. Até a próxima semana chega a 25 mil”, estima o chefe da pasta que comanda a corporação.

As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro, mas candidatos têm até 1º de março para pagar a taxa – R$ 120. Só então, segundo o secretário, será possível saber o número exato de pessoas na disputa.

A ideia é chamar pelo menos 800 candidatos que passarem na primeira fase, para que após a última etapa do certame, restem aprovados pouco mais da quantidade de profissionais que realmente tomarão posse nos cargos.

O concurso terá seis etapas: prova objetiva (marcada para 16 de maio), exame de aptidão física (em 13 de junho), avaliação psicológica, exame médico e toxicológico, investigação social e por fim, o curso de formação técnica-profissional. Todas são eliminatórias, mas só a primeira é classificatória.

Valério Azambuja afirma que a previsão é ter novos guardas empossados e nas ruas no primeiro semestre de 2022.  Ele explica ainda que além das várias fases do concurso, o curso de formação terá de 600 a 700 horas/aula. “Esses profissionais já sairão habilitados para usar armas, com o porte”.

O secretário revelou ainda que a corporação vai substituir os revólver calibre 38 usados pelos guardas hoje aptos a portar arma por 220 pistolas .40 e que, no fim do ano passado, a Guarda recebeu doação de 100 armas. A ideia é aumentar o arsenal para que além dos servidores já autorizados a andar com o equipamento letal, os novos guardas sejam colocados nas ruas armados.

Conforme o edital, para se candidatar é preciso ter entre 18 e 40 anos, Ensino Médio completo, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) nas categorias A e B e altura mínima de 1m65 para homens e 1m60 para mulheres. Confirma mais detalhes no site da banca organizadora do concurso, clicando aqui.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário