A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

09/04/2018 14:28

Concursos reservam até 20% das vagas para mulheres e preveem cotas

Para integrar os quadros de soldados ou oficiais das corporações, o candidato tem de ter no máximo 30 anos, 11 meses e 29 dias

Anahi Zurutuza
Policiais mulheres no 3º Batalhão da PM em Dourados (Foto: Rogério Fernandes/Divulgação)Policiais mulheres no 3º Batalhão da PM em Dourados (Foto: Rogério Fernandes/Divulgação)

Do total de vagas oferecidos nos concursos para soldados e oficiais da PM (Polícia Militar) e do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, até 20% são reservadas para mulheres e os editais ainda preveem cotas para negros (20% das vagas) e índios (3%).

Das 388 vagas oferecidas para soldados da PM, 341 são para homens e 47 são para mulheres. Se levadas em conta as cotas, sobram para a ampla concorrência 253 oportunidades para os candidatos e 37 para as candidatas.

Os cotistas negros concorrerão a 68 vagas destinadas ao sexo masculino e 9 ao sexo feminino. Para os cotistas homens e índios ficaram reservados 10 cargos e para as mulheres índias, há 1 vaga.

Já para o quadro de oficiais da PM são 50 vagas, 40 delas para homens. Sobram para a ampla concorrência 31 vagas para homens e 8 para mulheres.

Para cotistas negros e homens estão reservada 8 oportunidades e já para as mulheres negras, 2 vagas. Há apenas 1 vaga para indígena.

Bombeiro mulher resgatando gato durante combate à incêndio (Foto: Alcides Neto/Arquivo)Bombeiro mulher resgatando gato durante combate à incêndio (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Corpo de Bombeiros – Das 153 vagas para soldados dos bombeiros, 137 são para homens – 106 delas para a ampla concorrência –, enquanto 16 ficam com as mulheres – 13 delas na disputa geral.

São 27 vagas destinadas a cotistas negros e 3 para as negras. Já para índios são reservadas 4 vagas do total de oportunidades para o sexo masculino.

Para oficiais são 23 vagas, sendo 18 para homens – sendo 4 reservadas para cotistas negros e 1 para indígenas – e cinco para as mulheres – uma será ocupada por negras.

Regras gerais – Para integrar os quadros da PM ou dos bombeiros, o candidato tem de ter no máximo 30 anos, 11 meses e 29 dias até a data do encerramento das inscrições, inicialmente prevista para 25 de junho.

Para ser oficial em qualquer uma das carreiras é exigido bacharelado em direito.

Mais detalhes - Como previsto, o Governo de Mato Grosso do Sul abriu nesta segunda-feira (9) concursos para a Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros. Os editais foram publicados no Diário Oficial do Estado e ocupam 54 páginas – da 31 a 85.

Os salários variam de a R$ 3.352,53 para quem vai integrar o quadro de soldados da PM e dos bombeiros. Já para os oficiais, o governo pagará R$ 7.089,13 depois que os aprovados no concurso e convocados terminarem o curso de formação.

As inscrições estarão abertas a partir das 8h (no horário de Mato Grosso do Sul) do dia 13 de abril e devem ser feitas pela internet até às 16h do dia 25 de junho. A taxa de participação é de R$ 127,60 para quem for entrar na disputa pelas vagas de soldado e R$ 204,16 para os candidatos às vagas de oficiais.

Mais informações no Diário Oficial do Estado ou no site da Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions