A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

06/09/2018 09:31

Erro faz governo republicar gabarito de prova para o Corpo de Bombeiros

Segundo a Secretaria de Administração, a falha ocorreu na junção de arquivos com as informações

Mayara Bueno
Imagem mostra a questão 10 do cargo de Oficial Especialista. A questão C é a certa. (Foto: Mayara Bueno).Imagem mostra a questão 10 do cargo de Oficial Especialista. A questão "C" é a certa. (Foto: Mayara Bueno).

Os gabaritos da prova para o cargo de Oficial Especialista do concurso do Corpo de Bombeiros foram republicados nesta quinta-feira (dia 6). Segundo a Secretaria de Administração e Desburocratização, houve um falha na junção de arquivos, o que gerou respostas erradas.

Na edição do Diário Oficial do Estado de hoje, onde estão os resultados corrigidos, quem disputou o cargo teve o prazo de apresentação de recurso ampliado até 17 horas de sexta-feira (dia 7). 

A secretaria não soube especificar quantas respostas estavam erradas. Contudo, entre concurseiros, a informação é de que, somente no teste de português, havia ao menos oito questões.

Um exemplo é a pergunta de número 10 da prova do cargo de Oficial na área de Comunicação Social. A resposta correta, conforme o gabarito de hoje, é a letra "C". Porém, no resultado divulgado ontem, a informação que constava como certa era "A".

A questão pedia para o candidato observar a acentuação das palavras do enunciado e assinar a resposta correta. A letra "A" dizia "A aguia é um pássaro que têm um voo agil", enquanto a "C", resposta certa, trazia "A águia é um pássaro que tem um voo ágil".

Outra pergunta onde foi possível verificar resposta diferente é a 17, também da prova de Comunicação Social. O correto era a letra "D" e, ontem, na primeira versão do gabarito, constava como "C". A questão era sobre quais as relações semânticas "provavelmente", "embora" e "no entanto" estavam corretas.

Ainda de acordo com a Secretaria de Administração, as falhas ocorreram nos resultados para as áreas Serviço Social, Educação Física, Direito, Engenharia Civil, Pedagogia, Arquitetura, Engenharia Ambiental, Engenharia Mecânica e Análise de Sistemas/Ciências da Computação e Engenharia da Computação, além de Jornalismo. 

A responsabilidade é da Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul), instituição que promove o concurso.

Certame - No concurso, realizado no domingo (dia 2), concorreram 10.272, 3.273 a menos do que o número de inscritos. A concorrência é de 51 por vaga, já que foram ofertadas 200 oportunidades. Os salários variam de R$ 3.352,53 para quem vai integrar o quadro de soldados dos Bombeiros. Já para os oficiais, o governo pagará R$ 7.089,13 depois que os aprovados no concurso e convocados terminarem o curso de formação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions