A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

21/05/2015 12:48

MTE publica portaria que reconhece a categoria de agricultor familiar

Caroline Maldonado
Agora, agricultores familiares podem ser reconhecidos como categoria profissional (Foto: Divulgação/MDS)Agora, agricultores familiares podem ser reconhecidos como categoria profissional (Foto: Divulgação/MDS)

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) publicou hoje (21) portaria que altera regras do registro de entidades sindicais de trabalhadores rurais. Com a medida, agricultores familiares poderão ser reconhecidos como categoria profissional.

O texto modifica uma portaria de 2013, de modo a permitir a análise dos registros do MTE nas SRTEs (Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego). Além disso, a partir de agora é exigida assembleia para que os trabalhadores decidam se querem criar um novo sindicato ou preferem permanecer com o atual. A portaria está disponível na página 111 do Diário Oficial da União

As assembleias deverão ser realizados na área urbana da sede dos municípios. O procedimento “evitará que as assembleias sejam feitas em locais inacessíveis”, de acordo com o secretário de Relações do Trabalho, Manoel Messias. A lista de documentos que cada diretoria deverá apresentar ao MTE também foi atualizada.

Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, as mudanças trarão agilidade na análise de processo. “Essa portaria é o resultado de uma ação desenvolvida durante seis anos pelos trabalhadores e que contou com o apoio da presidenta Dilma. O documento vai permitir ainda a descentralização dos registros sindicais”, disse o ministro, ao assinar a portaria ontem (20), junto a representantes da Fetraf (Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar) e da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura).

Na oportunidade, o ministro lembrou que a garantia dos direitos fez com que milhões de brasileiros saíssem da extrema pobreza, nos últimos anos. “Aqui, no Brasil, estabelecemos, desde o presidente Lula, um pacto contra a crise, com a geração de empregos e valorização do salário-mínimo. Vocês têm a democracia, e por isso estão lutando e tendo a oportunidade de vir até aqui reivindicar. O governo sempre estará aberto para negociar”, disse.

Funsat Itinerante visita três bairros nesta semana em Campo Grande
Três bairros serão visitados nesta semana pelo programa Funsat Itinerante, realizado pela Funsat (Fundação Social do Trabalho) em Campo Grande. Os tr...
Funsat oferece hoje vagas para açougueiro, biomédico e caixa de loja
A Funsat (Fundação Social do Trabalho) oferece vagas para acabador de mármore e granito, arte-finalista, assistente de vendas, auxiliar de contabilid...
Processo seletivo do MPE com 244 vagas de estágios inscreve até dia 8
O MPE (Ministério Público do Estado) está com inscrições abertas para 244 vagas de estágio. O prazo de inscrição termina em 8 de maio. A prova escrit...
Concurso da UEMS com salários de até R$ 2,2 mil inscreve até dia 24
A UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) está com as inscrições abertas para 57 vagas em níveis médio e superior com salários de R$ 1.572...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions