ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 25º

Empregos

Postos de emprego crescem e Capital fecha maio com 6,9 mil pessoas empregadas

Foram 1.865 novos empregos ocupados segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados)

Por Caroline Maldonado | 30/06/2022 15:11
Sevidora da Funsat atende jovem interessada em vaga de emprego (Foto: Divulgação/PMCG)
Sevidora da Funsat atende jovem interessada em vaga de emprego (Foto: Divulgação/PMCG)

Em maio, aumentou em 0,86% o número de postos de trabalho em Campo Grande, que alcançou 6.907. Foram 1.865 novos empregos ocupados segundo o último levantamento divulgado pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Serviços e comércio continuam como os setores econômicos que mais geram empregos formais, com a criação de 1.416 postos de trabalho em maio.

Recuperação - A agropecuária teve 53 empregos ocupados a mais e a indústria registrou saldo de 185. Os números revelam recuperação da indústria e agropecuária, que tinham registrado perda de postos em abril.

Os empregos têm sido ocupados com igualdade de gênero, conforme destaca o diretor-presidente da Funsat (Fundação Social do Trabalho de Campo Grande), Luciano Martins.

“Vale destacar que o mercado de trabalho de Campo Grande tem apresentado índices de igualdade na contratação entre mulheres e homens. A participação do público feminino representa 45% do saldo acumulado de novos postos de trabalho de janeiro a maio. E quase 60% dos postos criados foram ocupados por jovens de 15 a 24 anos”, comenta Luciano.

A agência de emprego da fundação recebeu, em maio, 1.835 pessoas interessadas em emprego. Durante o mês, 294 pessoas se inscreveram no sistema de intermediação de vagas e foram captadas 1.078 novas vagas e realizados 2.336 encaminhamentos de candidatos para entrevistas. Somente, por meio da agência, 202 pessoas foram contratadas. Desde janeiro, 52 trabalhadores foram empregados depois de passar pela agência.

Nos siga no Google Notícias