A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

07/01/2016 17:55

Sindicato aciona Justiça contra loja do Centro por exploração de funcionários

Liana Feitosa

O Seccg (Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande) flagrou exploração indevida de funcionários do comércio de Campo Grande durante as vendas de final de ano, no mês passado.

A entidade vai entrar com ação judicial contra a proprietária da loja Cooperativa da Moda, que fica na avenida Calógeras, no Centro da Capital, por exploração indevida de seus funcionários no dia 31 de dezembro.

Segundo o Seccg, o acordo firmado com a classe patronal instituída horário de funcionamento até às 16 horas do último dia 31. No entanto, isso não ocorreu, segundo o sindicato, mesmo depois de a loja ser notificada pela diretoria sindical.

Diretores do Seccg realizaram fiscalização no comércio durante o período de abertura especial em função das vendas de final de ano e constatou descumprimento de acordo nesse estabelecimento.

No dia 31, representantes do sindicato foram até à loja depois das 16h e tentaram negociar com a proprietária, que não teve o nome divulgado. No entanto, de acordo com o sindicato, ela disse que não fecharia a loja no momento indicado e que só o faria quando bem entendesse.

"O fato será encaminhado para o Ministério do Trabalho e Ministério Público do Trabalho porque houve desrespeito à convenção coletiva. Queremos aplicação de multa por despeito, principalmente, aos funcionários", afirmou André Garcia, representante do sindicato.

"A empresa já tem longo histórico de maus-tratos, assédio moral e até violência contra funcionários. Não podemos deixar de denunciar isso às autoridades", completou.
Nenhum representante da empresa foi localizado para comentar o caso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions