A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/07/2010 12:28

Empresário nega assassinato e diz estar entregue à sorte

Redação

O empresário Luiz Afonso Santos de Andrade, de 42 anos, conversou com o Campo Grande News na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e negou veementemente que tenha assassinado a arquiteta Eliane Aparecida Nogueira, de 39 anos, encontrada carbonizada em um carro no bairro Tiradentes.

"Se eu tiver que ficar preso, eu fico. Se tiver que morrer, eu morro", disse o empresário, bastante abatido. Luiz Afonso afirmou estar ciente que ele seja o principal suspeito, por conta do histórico do relacionamento entre ele e Eliane.

O empresário conta que a relação estava desgastada, as brigas eram constantes, com inúmeras separações e recomeços. Luiz Afonso acrescenta que em alguns episódios foi com Eliane até a Depac por conta de agressões mútuas.

"A gente se conhecia há 4 anos, mas estávamos casados há pouco mais de 2 anos. Eu estava fora de casa há três dias e a deixei ontem no apartamento que era nosso, e segui no meu carro.

Na noite de ontem, Eliane e Luiz Afonso foram juntos a uma festa patrocinada pela empresa dele, que atua no ramo de iluminação. "Era nossa missão de paz. Fomos para manter as aparências. A noite foi boa, não brigamos, e nos divertimos", relatou o empresário, contradizendo o fato de ter um arranhão no lado esquerdo do rosto, supostamente causado por brigas.

Luiz Afonso segue agora para o IML (Instituto Médico Legal), onde deve acompanhar a perícia do carro, um Polo de placas HSE-9256, onde o corpo de Eliane foi encontrado. A Polícia Civil irá pedir a prisão preventiva do empresário, uma vez que ele está na delegacia para ajudar nas investigações.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions