A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/04/2010 20:33

Envolvimento do PCC em ataque a senador é descartado

Redação

O envolvimento do PCC (Primeiro Comando da Capital) no atentado que feriu o senador Robert Acevedo, na última segunda-feira (26), na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, é descartado pelo diretor de Combate ao Crime Organizado da PF (Polícia Federal), Roberto Troncon. Quatro brasileiros estão presos sob suspeita de participar do crime.

De acordo com matéria da Folha Online, Troncon esclarece que a PF não recebeu da polícia paraguaia esse dado de que haveria envolvimento do PCC no caso.

O diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, disse que não considera esse crime um delito transnacional. Segundo ele, a investigação caberá à polícia paraguaia.

Caso o governo paraguaio formalize um pedido oficial é que o Brasil entrará nas investigações, conforme Corrêa. Ele ainda citou que os representantes das polícias dos países sul-americanos se reunirão em Brasília (DF), em data ainda indefinida, para traçar estratégias de cooperação no combate ao tráfico de drogas.

Corrêa citou como exemplo a parceria entre Brasil e Paraguai na qual os brasileiros têm ajudado na erradicação das lavouras de maconha no país vizinho. Segundo ele, nos últimos 13 a 14 meses 1.500 hectares de plantações foram destruídas, o que equivale a mais de 3.500 toneladas de maconha pronta para consumo que deixaram de entrar no Brasil.

As ações conjuntas terão três focos: o combate às organizações criminosas, no controle do fluxo financeiro do tráfico e na captura de foragidos. (Com informações da Folha Online).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions