A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/06/2015 10:54

Escola de assistência social abre as portas com meta de atender 1,6 mil

Renata Volpe e Leonardo Rocha
Escola pretende atender 1.611 alunos até o fim do ano. (Foto: Marcelo Calazans)Escola pretende atender 1.611 alunos até o fim do ano. (Foto: Marcelo Calazans)

A primeira Escola de Assistência Social do Brasil foi inaugurada hoje em Campo Grande, no bairro Guanandi, pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O investimento de R$ 3 milhões utilizou recursos do Governo Estadual e Federal. A meta é atender 1.611 pessoas em oito cursos ainda este ano.

A escola tem dois auditórios, um com capacidade para 300 pessoas e outro para 100, além de cinco salas de aula, biblioteca e laboratório de informática. Com funcionamento a partir do segundo semestre, serão feitas licitações para seleção de universidades que vão oferecer as capacitações.

O local ainda será um centro de referência para receber eventos da área. E também um espaço de articulação do gestores, estaduais e municipais de assistentes sociais.

Segundo a vice-governadora e também secretária da Sedhast (Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), Rose Modesto, na escola serão feitas qualificações dos gestores da área de assistência social. “Além de cursos de qualificação profissional através da Funtrab. Este espaço para o cidadão comum será visando emprego e terão vários encontros no local onde vão ser repassados orientações de políticas públicas voltadas para as áreas”, comenta. Rose destaca ainda que Mato Grosso do Sul sai na frente dos demais Estados por ser a primeira escola de assistência social do país.

De acordo com o presidente da Funtrab, Wilton Acosta, os cursos para a população serão em áreas que mais pedem qualificação profissional, entre elas comércio e serviços. “O foco serão os moradores da região e agora em junho, vamos fazer o levantamento das áreas que precisam de emprego. Em julho, começa a divulgação dos cursos para qualificação”, ressalta.

Para a superintendente de políticas públicas para mulheres, Luciana Azambuja, o espaço será aproveitado por gestores de municípios do interior para dar orientação em relação as políticas públicas das mulheres. “Vamos orientar principalmente no combate a violência e o acesso ao mercado de trabalho”, explica.

O prefeito Gilmar Olarte (PP) esteve presente na inauguração e afirmou que essa é uma grande ação do governo estadual em uma área que é fundamental para a sociedade. “Essa escola trata-se de uma obra histórica e Campo Grande também está fazendo sua parte com reordenamento de unidades e compra de equipamentos para o centros municipais de assistência social”, completa.

Reinaldo Azambuja comenta que o local será uma formação de agentes sociais que tem como prioridade no governo o atendimento e o cuidado com as pessoas. “A parceria com outros entes federados é importante na edificação desse espaço, que será de fundamental importância para difundir as politicas públicas da área”, finaliza.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions