A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/08/2009 14:00

Escolas recebem verduras cultivadas em horta de presídio

Redação

Escolas públicas de Ponta Porã, cidade que fica a 348 quilômetros de Campo Grande, recebem a partir desta quarta-feira, verduras cultivadas na horta do Unidade Penal Ricardo Brandão.

A primeira colheita é realizada hoje. Serão fornecidos 583 pés de alface e 32 maços de cheiro-verde. As hortaliças também serão utilizadas no abastecimento do estabelecimento penal.

Na horta também foram plantadas: beterraba, cenoura, pepino, cebolinha abobrinha, rúcula, chicória, couve, entre outros legumes e verduras, que serão fornecidos conforme o período de colheita.

Para esta primeira colheita, as sementes e insumos foram fornecidos pela própria unidade penal.

Com a parceria com a Prefeitura do município, todo o material será oferecido pela administração municipal. Há a pretensão de, futuramente, além das escolas, atender asilos, creches e a população carente da cidade.

O diretor da unidade penal, Rodrigo Borges Marques, destaca que a iniciativa representa mais uma frente de trabalho para os reeducandos, evitando o ócio, o que é necessário para o bom andamento da rotina.

Atualmente, 10 internos prestam serviços na horta. A cada três dias de trabalho eles garantem um a menos na pena.

O desenvolvimento do projeto da horta, conforme o diretor, só foi possível graças ao apoio da Tornearia São Luís, que doou os uniformes usados pelos internos para o trabalho e das Casas Matsunaga, que colaborou fornecendo sementes e insumos para o estabelecimento penal a preços reduzidos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions