A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

24/06/2015 20:58

Estado implanta Central para agilizar alvarás de soltura nos presídios

Antonio Marques
Inaugurada hoje a Central Estadual de Alvarás de Soltura do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação/Governo do Estado)Inaugurada hoje a Central Estadual de Alvarás de Soltura do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul. (Foto: Divulgação/Governo do Estado)

Uma parceria entre o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o Governo do Estado e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) foi implantado nesta quarta-feira (24), a Central Estadual de Alvarás de Soltura do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul.

Instalada na sede da Agepen, em Campo Grande e inaugurada hoje, a Central funcionará 24 horas por dia, com consultas processuais para a efetivação dos benefícios legais de alvará de soltura judicial, progressão para os regimes semiaberto e aberto, livramentos condicionais e saídas temporárias de reeducandos das unidades penais do Estado, para tratamentos de saúde, por exemplo.

De acordo com Ailton Stropa, diretor-presidente da Agepen, através da parceria firmada com o TJ/MS, os cartórios de todas as varas criminais do Estado irão encaminhar para a Central, por meio do malote digital, cópias das decisões judiciais com concessões de benefícios aos detentos. “Essa é uma questão que resolvemos priorizar na nossa gestão para bem servir o sistema penitenciário do Estado, facilitando o trabalho dos servidores, atendendo de forma adequada advogados e oficiais de justiça e cumprindo as decisões judiciais, com mais agilidade e segurança”, disse Stropa em seu discurso.

Presente na inauguração, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador João Maria Lós, destacou que o órgão é parceiro do Governo do Estado em ações que visem maior agilidade, desburocratização dos serviços públicos e melhorias nos atendimentos prestados à população. “Nós que trabalhamos na magistratura sabemos da relevância desta Central, dada a celeridade que vai imprimir aos alvarás de soltura, que é um direito dos detentos, bem como, a segurança dos servidores no cumprimento das decisões judiciais”, destacou.

Com o sistema de “Malote Digital” do Tribunal de Justiça, os benefícios processuais serão enviados por meio digital, direto para a Central Estadual de Alvarás, não sendo mais necessário o deslocamento do oficial de justiça até o presídio. Após receber o documento, a equipe fará as consultas e passará para a unidade prisional, para a execução das medidas necessárias, como a liberação do interno, e a consequente emissão da certidão de liberação à Central.

A solenidade de implantação da Central de Alvarás, realizada na sede da Agepen no bairro Coronel Antonino, contou ainda com a presença do coordenador da Coordenadoria das Varas de Execuções Penais, desembargador Luiz Gonzaga Mendes Marques, do superintendente de Políticas Penitenciárias da Sejusp, Rafael Garcia Ribeiro, do presidente da Comissão dos Advogados Criminalistas da Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso do Sul, Alexandre Franzoloso, do responsável pela nova Central, agente penitenciário Mauro Deli Veiga e de servidores da Agepen.

Após vídeos, Agepen diz que está investigando entrada de celulares na máxima
Apesar de considerar a presença excepcional de alguns aparelhos em unidades uma realidade nacional, a Agepen(Agência Estadual de Administração do Sis...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions