A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/03/2008 11:30

Estudante de 22 anos vendeu 34 diplomas em um ano

Redação

Um estudante de 22 anos, de Tangará da Serra (MT), falsificou e vendeu 34 diplomas falsos de grandes universidades brasileiras. O esquema de Tiago Francisco Pereira foi descoberto pela Polícia Federal que prendeu o estudante nesta sexta-feira e saiu em busca dos compradores.

Em Campo Grande, a "Operação Cola" cumpriu mandado de busca e apreensão, e encontrou dois diplomas  em uma mesma residência na Vila Popular. O nome do responsável pela compra, ou o curso em questão, não foram divulgados. A pessoa não foi presa por não ter sido flagrada em exercício ilegal da profissão.

A fraude envolveu cursos de medicina, engenharia, direito, enfermagem e fisioterapia. As falsificações custavam cerca de R$ 1,8 mil e foram distribuídas por outros 13 estados, além de Mato Grosso do Sul, com atuação principalmente em Minas Gerais e São Paulo.

Até certificados de pós-graduação foram vendidos por Tiago, em três anos de falsificações. Segundo informou a Polícia Federal, o lucro em um ano teria sido de R$ 61 mil.  Na casa do estudante foram apreendidos equipamentos de informática e um revólver sem registro. 

O crime de falsificação de diploma tem pena prevista de dois a seis anos de prisão.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions