A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

12/12/2016 14:55

Ex-funcionários vão entrar na Justiça contra empresa de limpeza que faliu

Empresa deixou cerca de 70 funcionários sem pagamento de salários e direitos trabalhistas

Yarima Mecchi e Adriano Fenandes

Cerca de 40 dos 70 funcionários da empresa Cosesa Conservação e Serviços, que presta serviços de limpeza a instituições da iniciativa privada, vão ingressar com uma ação na Justiça em uma ação coletiva a também pretende acionar individualmente. A informação é do STEAC-MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação).

De acordo com o sindicado os trabalhadores vão cobrar os salários atrasados e as verbas rescisórias, como FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e as questões contratuais de cada um.

A empresa parou as atividades na quinta-feira (8) e a decisão dos trabalhadores foi em conjunto com o jurídico do sindicato.

Na manhã de hoje (12) o presidente do sindicato, Wilson Gomes da Costa, declarou que os responsáveis pela empresa “sumiram” e não respondem às tentativas de contato.

“Tentamos entrar em contato, mas eles sumiram sem pagar os funcionários, sem nos dar um prazo para a quitação e sem dar qualquer satisfação”, alegou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions