A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

04/11/2012 12:45

Expectativa para redação marca o segundo dia de Enem

Paula Maciulevicius e Paula Vitorino
Na Unaes, portões fecharam ao meio-dia e não houve candidatos atrasados. (Foto: Rodrigo Pazinato)Na Unaes, portões fecharam ao meio-dia e não houve candidatos atrasados. (Foto: Rodrigo Pazinato)

A expectativa para o tema da redação foi o que marcou os candidatos neste segundo dia de Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Nos dois locais de prova onde o Campo Grande News conversou com os candidatos, a pontualidade foi seguida à risca. No Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, antiga Unaes, nos cinco minutos seguintes ao fechamento do portão, não teve candidato atrasado.

A candidata Bruna Souza, 18 anos, fazia a prova pela segunda vez, com o objetivo de cursar Pedagogia. “Ano passado fiz pra testar, esse ano é pra valer”. O nervosismo tomava conta em relação ao tema da redação. “Hoje o que vai pegar mais é a redação. Acho que o tema vai ser a Rio +20”, comentou.

No Centro Universitário estavam inscritos 1.840 candidatos para a prova.

Aos 25 anos, Felipe Corrêa, já se sentia à vontade. A redação não punha tanto medo quanto a matemática. “Acho que vai ser fácil, eu escrevo bem. Matemática que é mais difícil porque não é da minha área”, falou. A prova era feita para cursar Psicologia.

Para a estudante Bruna Souza, o Enem deste ano é pra valer e o medo está no tema da redação. (Foto: Rodrigo Pazinato)Para a estudante Bruna Souza, o Enem deste ano é pra valer e o medo está no tema da redação. (Foto: Rodrigo Pazinato)

E para descontrair, calouros de Medicina e Engenharia vendiam de água e canetas até vale-beijo e vale-trote. Segundo o grupo que estava em frente à Unaes, só os calouros conseguiram R$ 700 no comércio. Dinheiro que vai ser usado na formatura.

“A gente briga e aproveita pra deixar a pessoa mais calma. É para dar apoio porque já passamos por essa tensão”, comentou o estudante de Medicina, Daniel Vidal, 19 anos.

Família em peso para o Enem. Suzinete da Silva com sobrinhos e filhos vieram tentar uma vaga na universidade para o próximo ano. Família em peso para o Enem. Suzinete da Silva com sobrinhos e filhos vieram tentar uma vaga na universidade para o próximo ano.

Na escola Joaquim Murtinho, unidade onde a maioria dos candidatos, eram adventistas ou tinham alguma necessidade especial, uma família inteira fazia o Exame.

Suzinete Santos da Silva, 46 anos, viu no Exame a oportunidade de retomar os estudos. Para quem parou de estudar aos 15 anos, o sonho de fazer faculdade está mais perto. Ela quer estudar Serviço Social e junto dos quatro sobrinhos e a filha, compartilhavam do mesmo medo.

“A redação, o tempo vai ser curto. Eu estou preocupada”, disse.

No Estado, mais de 147 mil vão fazer o Enem. Hoje, serão 5h30 de tempo para responder questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias. O gabarito do Exame será divulgado no dia 7 de novembro e o resultado, no dia 28 de novembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions