A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

30/01/2012 19:15

Fábio Trad questiona diferença na indicação de dirigentes do Dnit e Funasa

Paula Maciulevicius

Parlamentar se mostra contrário a pressão política feita em cima da escolha dos cargos

Após manifestar inquietação quanto a nomeação política em órgãos federais do Estado na semana passada, o deputado federal Fábio Trad (PMDB) voltou a se posicionar sugerindo que a escolha seja feita em cima de critérios técnicos e não políticos.

O parlamentar usou como exemplo a escolha do novo dirigente do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) em Mato Grosso do Sul para questionar por que à frente da Funasa o critério adotado foi diferente se os dois são órgãos federais vinculados a ministérios.

“Quando da escolha do novo dirigente do Dnit em MS, sugeri que os parlamentares da nossa bancada federal subscrevessem à Presidência da República solicitando a indicação de um técnico, servidor de carreira e com vida limpa”, afirmou.

O questionamento levantado por Fábio Trad é que depois de um processo de quebra de compromisso firmado entre os líderes das bancadas do PT e do PMDB, foi nomeado um político para a Superintendência.

“Se a presidente Dilma Roussef, em relação ao Dnit, exigiu alguém de carreira, não tem por que ser diferente com relação à Funasa”, indaga.

Segundo o deputado, o posicionamento dele também é contra a pressão política que estava sendo feita para a ocupação do cargo, por entender que não há sentido em se relacionar uma função técnica aos interesses de bancadas partidárias.

“Preocupa-me a agressiva disposição do PT em monopolizar o aparelho estatal como se fosse a única força política do país. A impressão que tenho é que estão fortalecendo o governo às custas da fragilização do estado", ressaltou Fábio Trad.

Mais de cem empresas são notificadas por não cumprirem lei de aprendizagem
Mais de cem empresas foram notificadas por não cumprem a Lei de Aprendizagem em Mato Grosso do Sul. Segundo a Superintendência Regional do Trabalho, ...
Universidades terão incentivo de R$ 10 milhões a projetos de combate a obesidade
Chamada pública do Ministério da Saúde incentiva universidades públicas e privadas a desenvolver projetos com ações de prevenção, diagnóstico e trata...


Quando não é do PMDB, o 'critério' tem que ser técnico 'néahn??'Bobinho' esse menino...
 
maria augusta silva ferreira em 31/01/2012 09:57:08
Entendo que o Deputado Fabio Trad está apenas querendo aparecer. Faz de qualquer oportunidade um palanque. Penso que deveria trabalhar mais, efetivamente, em favor da população e não apenas usar de retórica como um advogado que tenta ludibriar o jurado em favor do cliente. Até agora não se tem notícia do que esse senhor teria feito além de falar, falar, falar. Tal qual o pai.
 
Carlos Henrique Soares em 30/01/2012 09:21:52
Muito boa essa intervenção do Deputado Fábio Trad e se os demais trabalhassem honestamente estaria brigando para colocar na Função um de Carreira; o Estado tambám teria que fazer o mesmo. Nós temos elemento ocupando cargo do qual nunca fez nenhum curso e os funcionários de carreira ficam chupando o dedo, no dia de eleição querem voto.
 
luiz alves pereira em 30/01/2012 07:44:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions