A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/05/2009 11:38

Família de garoto seqüestrado no Talismã pede justiça

Redação

Familiares do garoto de 15 anos seqüestrado ontem ao meio-dia no Jardim Talismã, região norte de Campo Grande, pedem justiça e temem pela segurança do adolescente, uma vez que um dos envolvidos ainda está foragido.

A irmã do menino afirma que está incomodada com o fato de Renan Mata da Silva, 24 anos, ainda estar foragido e diz que mesmo que ele se apresente com advogado deve ser colocado em liberdade, o que assusta a família. O pai de Renan, o vigilante Joaquim Duran da Silva, de 48 anos, foi preso ainda ontem, com uma arma calibre 38.

Joaquim nega que tenha participado do seqüestro. Ele está preso no 4º Distrito Policial. Após o sumiço do adolescente seis pessoas foram presas por apedrejar a casa de Joaquim. As buscas pelo adolescente envolveram um forte aparato.

Porém, somente na manhã de hoje ele foi encontrado. Estava preso a uma árvore, algemado, em área onde funciona o Projeto Florestinha.

Ameaças

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions