A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

06/08/2017 10:08

Família procura polícia depois de idoso com Parkinson ser expulso de Uber

Osvaldo Júnior
Rita, José Raimundo na Depac Cebtro (Foto: Whatsapp) Rita, José Raimundo na Depac Cebtro (Foto: Whatsapp)

O idoso José Raimundo Guilhen, 64 anos, que tem mal de Parkinson, foi expulso de um veículo, que presta serviço para a empresa Uber, e deixado nas imediações do Mercado Municipal, em Campo Grande. O caso ocorreu na tarde deste sábado (dia 5) e a cena de revolta da irmã do idoso, Rita Aparecida Guilhen, 56, foi registrada por um taxista, que trabalha na região.

Nas imagens, é possível ver José Raimundo, sentado em um meio-fio, agitando, exasperadamente, pernas, braços e a cabeça. Rita aparece discutindo com outro homem, que seria motorista de Uber, mas não o que a deixou no local. “Você tem um irmão deficiente?”, pergunta, irritada, a mulher.

Ainda no vídeo, alguém (possivelmente a pessoa que filma) pergunta: “O que aconteceu?” Rita responde: “O que aconteceu foi que o colega dele não se preocupou com a humanidade de um filho de Deus!”. Ela mostra José Raimundo sentado no meio-fio, apresentando possíveis sintomas da doença. “Está jogado ali”, disse. Rita também acredita que o motorista, que os deixou no local, teria pensado que o idoso estivesse bêbado.

No boletim de ocorrência, registrado por Rita, no Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, o caso consta como “desdenhar, humilhar, menosprezar ou discriminar pessoa idosa, por qualquer motivo”.

Conforme o boletim, Rita e o irmão, embarcaram no veículo da Uber, na Rua Sodré, na Vila Carvalho. Já na região central, a mulher pediu ao motorista parar para ela ir, rapidamente, no Mercadão. Rita retornou com pastéis. O condutor teria se irritado e gritado com José Raimundo: “Não é pra comer dentro do carro. É proibido comer dentro do carro”.

Em seguida, o motorista abriu as portas e o idoso se viu obrigado a descer do veículo. Ele ficou sentado no meio-fio e o condutor foi embora. Rita afirma, no boletim de ocorrência, que se sentiu muito humilhada.

Veja o vídeo abaixo:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions