A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

28/07/2010 10:04

Famílias que vivem em área de risco serão indenizadas

Redação

O presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), Paulo Matos, disse esta manhã que as famílias que moram sobre uma galeria pluvial no bairro Guanandi devem ser indenizadas e que a questão deve ser resolvida pela Prefeitura e não pela Emha.

Durante visita ao Campo Grande News , ele explicou que a Emha verificou a situação das casas, mas a resolução do problema é de competência da Seintra (Secretaria Municipal de Infra-Estrutura Transporte e Habitação).

Matos disse que a verba para sanar o problema e indenizar as famílias é proveniente de uma Medida Provisória, com recursos destinados a reparar danos provocados por acidentes climáticos.

"Dependendo da situação se não for possível manter as casas, a Prefeitura vai ter que indenizar", reconheceu. O presidente da Emha disse, ainda, que se houver situação de risco com o início do período chuvoso serão adotadas medidas para proteger as famílias. "A Emha está disponível para ajudar", disse.

Ao todo 35 pessoas vivem sob risco no loteamento Dona Neta, porque a passagem da galeria provocou rachaduras nas casas, infiltração e mau cheiro. A Defesa Civil já condenou a a área e pediu providências à Prefeitura.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions