A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/09/2014 10:27

Farmacêutico de 27 anos morre 48h após primeiros sintomas da gripe

Aliny Mary Dias
Tenente começou a passar mal na quarta-feira e morreu na noite de ontem (Foto: Arquivo Pessoal)Tenente começou a passar mal na quarta-feira e morreu na noite de ontem (Foto: Arquivo Pessoal)

Com sintomas da gripe A, causada pelo vírus influenza, morreu na noite de ontem (11) o farmacêutico Valdir de Oliveira Palmieri, 27 anos. O laudo que vai atestar a infecção pelo vírus influenza deve ficar pronto em 10 dias e se a doença for confirmada, essa será a 28ª morte no Estado esse ano, o número já é maior do que o registrado na pandemia de 2009.

Valdir era tenente do Exército e atuava como farmacêutico no quartel de Bela Vista. Segundo irmão gêmeo da vítima, Valdeir Palmieiri, Valdir começou a passar mal na quarta-feira. Ele foi trazido para Campo Grande e depois de exames acabou sendo liberado do Hospital Geral do Exército.

Na manhã de ontem, o farmacêutico voltou a se sentir mal e foi levado as pressas para o hospital. Na unidade ele precisou ser entubado e morreu por volta das 22h30. No atestado de óbito do militar, a causa da morte apontada pela equipe médica é pneumonia aguda, mas materiais foram coletados em razão da suspeita da gripe A.

O corpo de Valdir foi velado em Campo Grande e agora segue para Vicentina, onde será sepultado. Se confirmada a morte por gripe A, essa é a 28ª registrada em Mato Grosso do Sul, o número supera os 27 óbitos registrados na epidemia de 2009, que detinha o recorde até então no Estado.

Números - Desde a epidemia, o número de mortes vinha caindo no Estado. Foram oito em 2010, nenhuma em 2011 e 12 mortes em 2012. No ano passado, foram 11 óbitos, o que significa aumento de 154% neste ano.

Segundo o boletim epidemiológico divulgado na quarta-feira pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), na Capital o número de novas internações tem aumentado menos do que em relação às ultimas semana. Desde o último boletim, foram 3 casos novos. Com o novo óbito suspeito, a cidade soma 13 mortes em razão da doença.

Mortes por gripe crescem 145% e se igualam ao recorde de 2009
Boletim divulgado nesta quarta-feira (10) pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirma mais dois casos de pacientes que morreram com suspeita de...
Gripe causa mais três mortes no Estado, duas foram na Capital
Mais três pessoas morreram de Gripe A, causada pelos vírus Influenza, em Mato Grosso do Sul. O número de mortes no Estado saltou de 22 para 25 em rel...
Capital registra mais duas mortes por gripe A, uma delas ainda é investigada
Em uma semana, mais duas pessoas morreram em Campo Grande com sintomas da gripe A, causada pelo vírus influenza. Segundo o boletim divulgado hoje (27...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions