A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

18/09/2009 11:46

Fazendeiro tem AVC após bater boca com cacique guarani

Redação

O advogado Mário Julio Cerveira, um dos proprietários da fazenda Santo Antonio de Nova Esperança, localizada no município de Rio Brilhante, sofreu ontem um AVC (Acidente Vascular Cerebral) após bater boca com um dos líderes dos 130 índios guarani-kaiowá acampados às margens da BR-163.

Cerveira está internado na UTI do Hospital do Coração de Dourados e seu estado de saúde é considerado grave.

De acordo com informações de fazendeiros da região, na quarta-feira Mário Cerveira discutiu com o cacique José Barbosa de Almeida, o Zezinho, em frente ao portão de entrada da fazenda.

Os índios liderados por Zezinho ocuparam a propriedade de Mário Cerveira em fevereiro de 2008 e saíram do local no dia 11 deste mês, quando foram despejados por ordem da Justiça Federal.

Após o despejo, os índios se instalaram em um acampamento na beira da rodovia e próximo ao acesso à fazenda de Mário Cerveira. Na quarta-feira, os dois teriam discutido e Zezinho teria ameaçado o advogado, segundo outros produtores rurais.

Zezinho negou ter feito as ameaças e disse que não bateu boca com advogado. "Nós apenas acompanhamos a conversa da Polícia Federal com o Mário Cerveira. A Polícia Federal queria falar pra ele (sic) que não pode deixar segurança perto do nosso acampamento. Quem conversou com ele foi a Polícia Federal", disse o cacique ao Campo Grande News, por telefone.

Familiares de Mário Cerveira devem se pronunciar na tarde desta sexta-feira sobre o estado de saúde do advogado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions