A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

23/09/2010 07:34

Fazendeiros vão à Justiça para barrar invasão de índios

Redação

A proprietária da fazenda que foi ocupada por 260 índios Guarani Kaiowá desde o dia 4 de setembro, em Douradina, ingressou com pedido de reintegração de posse da área. A solicitação foi protocolada ontem, na Justiça Federal em Dourados.

Ontem pela manhã, índios e peões da fazenda entraram em conflito. Esta seria a quinta vez que os grupos se enfrentam. A Polícia Federal foi chamada para acabar com as hostilidades. A PF informou que houve depredação, por parte dos índios, de dois veículos, um trator e um carro pequeno, os quais após a negociação foram retirados do local e entregues aos seus proprietários.

Já os índios, disseram que os peões deram tiros e soltaram fogos de artifício em sua direção. Eles também teriam surrado alguns índios.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Douradina, Cláudio Pradella, os produtores rurais da região esperam que o judiciário autorize e providencie a retirada dos índios ainda nesta semana.

Pradella disse que um grupo formado por aproximadamente 80 donos de terras da região decidiram tirar os índios por conta própria, mas a situação fugiu ao controle. Segundo ele, eram pelo menos de 80 pessoas do lado dos proprietários de áreas reivindicadas como indígenas.

Os índios reivindicam a área e pedem estudos antropológicos para que seja demarcada como indígena. No dia 6, a PF também teve de intervir em uma confusão. Na ocasião, ficou acordado que não haveria mais ameaças, mas o acordo não foi cumprido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions