A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/03/2010 09:49

Força-tarefa vai combater revenda clandestina de gás

Redação

Uma força-tarefa composta pela Decon (Delegacia Especial de Proteção aos Crimes Contra a Relação de Consumo) e Procon (Coordenadoria de Orientação e Defesa do Consumidor) vai atuar no combate às revendas clandestinas de gás em Campo Grande.

Foi o que ficou acordado após audiência pública, ocorrida ontem à noite, na Câmara dos Vereadores. O superintendente do Procon em exercício, Alexandre Monteiro Rezende, observou, porém, que o trabalho precisa ter foco, uma vez que a estimativa do sindicato dos revendedores é que haja dois mil pontos de revenda na Capital.

Ele exemplifica que o trabalho feito nos postos de combustível contemplou 180 estabelecimentos e demorou três meses. Para garantir que as ações ocorram nos locais certo e o tempo de fiscalização seja otimizado é fundamental que os revendedores denunciem.

"A denúncia sobre clandestinos não chega porque o consumidor procura quem está mais perto e tem o menor preço e muitas vezes quem está irregular proporciona isso e o consumidor não tem idéia do risco que corre por questões de segurança e muitas vezes nem sabe que é clandestino", explica.

Outro ponto que Alexandre considera fundamental é lutar por uma representatividade da ANP (Agência Nacional de Petróleo) em Mato Grosso do Sul.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions