A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/04/2008 10:47

Força-tarefa vai trabalhar contra a Enersul e a Aneel

Redação

Em reunião na manhã desta quinta-feira, na OAB/MS, foi montada uma força-tarefa em defesa de ressarcimento aos consumidores que será representada por três frentes: o Legislativo, através da Assembléia, a OAB e o setor produtivo, representado pela Fiems. As entidades não acreditam em erro na base de cálculo que provocou tarifa abusiva cobrada por cinco anos. A OAB chegou a denunciar crime, erro proposital e farsa.

Cada uma das entidades vai propor uma forma de ação para garantir que os consumidores recebam seus créditos gerados pelo erro de cálculo na revisão tarifária da Enersul de 2003. O presidente da OAB, Fábio Trad, disse que até a próxima sexta-feira vai entrar com ação criminal na Polícia Federal de Brasília, contra a Aneel e na Polícia Federal de Campo Grande, contra a Enersul, alegando crimes de estelionato, crime contra a economia popular e apropriação indébita.

O técnico Jenner Ferreira, que presta assessoria para o Concen (Conselho de Consumidores de Energia) apresentou esta manhã alguns documentos que vão respaldar a representação da OAB. Texto da própria Aneel, do ano passado, informa que o erro consistiu na duplicação de preços unitários de redes bifásicas e triplicação nas trifásicas que acabaram acarretando na sobrevalorização do índice de reajuste.

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions