A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/08/2009 19:58

Frio e pânico elevam em 50% procura por postos de saúde

Redação

A queda brusca na temperatura no fim de semana e o pânico da população em decorrência da pandemia da gripe suína, como é conhecida a doença causada pelo vírus influenza H1N1, causou aumento de 50% no número de atendimentos realizados pelos centros de saúde 24 horas em Campo Grande.

As unidades estão superlotadas, admitiu a diretora de Vigilância em Saúde da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Ana Lúcia Lyrio de Oliveira. Nesta segunda-feira, aproximadamente 1,8 mil pessoas foram atendidas nas nove unidades 24 horas, contra a média diária de 1,2 mil atendimentos.

O número superou a expectativa do secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que esperva crescimento de 35% na demanda a partir deste mês.

O aumento coincidiu com a chegada de massa de ar frio no fim de semana, que derrubou as temperaturas na Capital de 33º para mínima de 7º na segunda-feira, com sensação térmica de 5º, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Apavoradas

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions