A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

12/08/2009 19:58

Frio e pânico elevam em 50% procura por postos de saúde

Redação

A queda brusca na temperatura no fim de semana e o pânico da população em decorrência da pandemia da gripe suína, como é conhecida a doença causada pelo vírus influenza H1N1, causou aumento de 50% no número de atendimentos realizados pelos centros de saúde 24 horas em Campo Grande.

As unidades estão superlotadas, admitiu a diretora de Vigilância em Saúde da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Ana Lúcia Lyrio de Oliveira. Nesta segunda-feira, aproximadamente 1,8 mil pessoas foram atendidas nas nove unidades 24 horas, contra a média diária de 1,2 mil atendimentos.

O número superou a expectativa do secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que esperva crescimento de 35% na demanda a partir deste mês.

O aumento coincidiu com a chegada de massa de ar frio no fim de semana, que derrubou as temperaturas na Capital de 33º para mínima de 7º na segunda-feira, com sensação térmica de 5º, segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Apavoradas

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions