A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/01/2008 19:06

Funasa: Jovem guarani é principal vítima de suicídio

Redação

Dados da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) mostram que, em 2007, suicídios mataram tanto quanto tiros ou facadas em Mato Grosso do Sul. Segundo a Funasa, 35 índios guaranis tiraram a própria vida - a maioria deles enforcados nas aldeias onde vivem. O número é o mesmo que o de homicídios de indígenas registrados no Estado entre janeiro e outubro do ano passado.

A taxa de suicídios entre os guaranis chega perto de um caso para cada grupo de mil pessoas, algo em torno de 20 vezes a mais a média nacional, de 5,7 para cada grupo de 100 mil habitantes. Na China, o país com a maior média de suicídios no mundo, o índice é de 16 mortes a cada 100 mil pessoas.

O fenômeno da morte entre os índios não é novo e vem sendo registrado há décadas e especialistas o relacionam com a extinção do modo tradicional de vida do povo.

Para o coordenador técnico do Distrito Sanitário Indígena da Funasa em Mato Grosso do Sul, Zelik Trajber, "é uma desproporção muito absurda, o suicídio é um problema de saúde pública e, ao contrário do que acontece com os não índios, o maior número de suicídios não acontece entre os velhos, mas entre jovens guaranis com idades entre 15 e 19 anos, mas já registramos até mais jovens que isso".

Carro roubado no Rio de Janeiro é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions