A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/09/2008 18:36

Funcionários da Egelte levavam malote com R$ 60 mil

Redação

Os dois funcionários que foram atingidos na tarde de hoje por homens em uma moto haviam acabado de sair de uma agência bancária e levavam malote com cerca de R$ 60 mil. A informação é da Polícia Civil, que investiga o caso.

Esses detalhes reforçam a suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte.

Nicanor Ferreira Martins, de 43 anos, morreu no local, atingido no tórax e na cabeça. Já o passageiro, Everaldo Quintana, de 33 anos, foi ferido na panturrilha de raspão.

Duas versões são contadas sobre o momento do crime. Na primeira, Nicanor, que dirigia um Santana, teria parado para conversar com uma pessoa em um ponto de ônibus, na entrada da empresa. O carro foi alcançado pelos homens que anunciaram o assalto.

Nicanor teria se assustado, acelerado o Santana e atingido a moto. Segundo o delegado Maércio Barbosa, um dos ladrões, na garupa, nesse momento caiu, levantou e disparou cinco tiros de pistola contra o carro.

Outra versão, desta vez de testemunhas que assistiram ao crime, é de que o carro, a cerca de 50 quilômetros por hora, era seguido pela moto e foi abordado ainda em movimento, perto da entrada da Egelte.

Como o Santana não parou, o homem na moto atirou, acertando Nicanor que perdeu o controle do carro e atingiu a dupla. Os assaltantes teriam caído, levantado e fugido.

As características do autor dos disparos são: jovem negro e magro. O caso será investigado pela Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos)

 

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions